https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2022/04/Reuniao_Embrapa.jpeg

PECUÁRIA

Presidente da Acrimat visita a Embrapa Gado de Corte e pede mais pesquisas voltadas à cadeia produtiva da carne

DA REDAÇÃO / MATO GROSSO MAIS
[email protected]

Da assessoria

O diretor-presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Oswaldo Pereira Ribeiro Júnior, participou da primeira reunião do Comitê Assessor Externo (CAE) da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Gado de Corte, em Mato Grosso do Sul, e sugeriu ao órgão que realize mais pesquisas em sintonia com as demandas do mercado.

A reunião foi realizada na segunda-feira (28.03), quando Oswaldo Pereira tomou posse como membro do CAE Embrapa Gado de Corte, com a missão de contribuir para as pesquisas, ações e tendências de ciência, tecnologia e inovação relacionadas à cadeia produtiva da carne bovina.

Essa é a primeira vez que um representante de uma entidade de Mato Grosso compõe um órgão colegiado e consultivo da Embrapa.

“Sugerimos melhoria na gestão, performance e foco. Hoje a pesquisa tem que nascer da demanda do produtor e tem que ser voltada para o mercado”, disse o presidente.

Foi sugerido também que sejam realizadas mais pesquisas com o foco na produção sustentável, que hoje é uma pauta mundial e uma tendência a ser adotada por todos os produtores rurais, de acordo com Oswaldo Pereira.

“Solicitamos mais atenção à gestão, aos protocolos voltados à ciência e também ao anseio do produtor. Solicitamos mais pesquisas relacionadas ao gás do efeito estufa, fixação de carbono na natureza, nas pastagens, nas matas de reserva legal, por exemplo”, afirmou o presidente, que destacou a importância dos trabalhos já realizados pela Embrapa Gado de Corte.

“O nome da Embrapa é referência em pesquisa e tecnologia de modo que todas nossas demandas são baseadas nas pesquisas da Embrapa”, concluiu Oswaldo Pereira.

Além da posse e reunião, Oswaldo e os demais membros do CAE conheceram as atuais pesquisas da unidade e sua área experimental, com visita ao campo e a algumas instalações, nos quais são desenvolvidos trabalhos em melhoramento genético animal e vegetal, pecuária de precisão, sanidade e reprodução animal, sistemas integração de produção, dentre outros.

Também compõem o CAE o chefe-geral da Unidade, Antônio do Nascimento Ferreira Rosa, como secretário-executivo; Fernando Flores Cardoso, chefe-geral da Embrapa Pecuária Sul (Bagé-RS);

Já Márcio Nery Magalhães Júnior, diretor-presidente da Associação Brasileira de Inseminação Artificial; Nedson Rodrigues Pereira, presidente da Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores de Novilho Precoce;  e Sergio De Zen, pesquisador do CEPEA/USP, foram nomeados membros.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *