https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/06/mulherlesao4q.jpg

LESÃO CORPORAL

Polícia prende mulher por maus-tratos praticado contra própria filha

DA REDAÇÃO / MATO GROSSO MAIS
[email protected]

Uma mulher de 41 anos foi presa em flagrante pela Polícia Civil nessa terça-feira (12.04), após denúncia recebida pela Delegacia de Cocalinho (923 km a Leste de Cuiabá). Ela é acusada de maus-tratos e lesão corporal no âmbito doméstico contra a filha de 18 anos, portadora de deficiência física.

As investigações iniciaram após a irmã da vítima denunciar a mãe por maus-tratos e violência psicológica, praticados contra a irmã, que morava na casa contra a vontade com a suspeita.

Segundo a denúncia, quando a menor de idade chegou a ser recolhida em abrigo, sob a proteção do Conselho Tutelar, para que fosse verificada uma denúncia de estupro praticado pelo padrasto.

Ainda segundo a irmã, mesmo possuindo deficiência física, a vítima era obrigada a desempenhar diversos trabalhos na propriedade, como rastelar, cuidar dos animais e limpar a casa. Apesar de não possuir deficiência intelectual e estudar, sua mãe inventou tal deficiência para se beneficiar da aposentadoria, a proibindo de estudar na escola do município.

Diante dos fatos denunciados, os policiais foram até a propriedade da família, onde encontraram a vítima. Assim que percebeu a viatura, a jovem correu em direção aos policiais, chorando. Ela apresentava várias escoriações no pescoço e nos braços, resultados de agressão com uma vara de goiaba. A vítima e a mãe foram conduzidas para um hospital da cidade, uma vez que a jovem havia acabado de ser agredida.

Os policiais deram voz de prisão para a mulher, que foi conduzida à delegacia de Cocalinho onde, após ser interrogada, foi autuada em flagrante pelos crimes de maus-tratos e lesão corporal no âmbito doméstico.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 14 de abril de 2022 às 13:32:59