https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/lucimar.jpg

MAIS DE 57 MIL

Levantamento do TRE de MT mostra que DEM é o partido com maior número de filiados

Divulgação

Em Mato Grosso, 354.310 eleitores estão regularmente filiados a partidos políticos. A identificação de cada filiado e o quantitativo por partido estão disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral (http://www.tse.jus.br/eleitor/estatisticas-de-eleitorado/estatistica-de-filiados).

Os dados estão atualizados, pois todas as agremiações partidárias tiveram que enviar ao TSE até 14 de abril, via sistema Filiaweb, a relação de seus filiados. No Brasil, o número de filiados chega a 16 milhões. 

O partido com o maior número de filiados em Mato Grosso é o Democratas (DEM) com 57.241.

Na segunda e terceira colocação estão os Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), que possuem, respectivamente, 40.457 e 33.929 filiados. 

Com baixa adesão estão: Partido Novo (NOVO), com 83 filiados; o Partido da Causa Operária (PCO), com 7; e o Partido Comunista Brasileiro (PCB), que possui 6 filiados. 

PPS, PSDB e DEM são os maiores partidos em Cuiabá 

Ao destacar a relação de filiados na capital do Estado, que detém o maior colégio eleitoral, altera-se o ranking dos maiores partidos.

O PPS é o maior partido em Cuiabá, com 10.526 eleitores filiados. Em seguida vem o PSDB, com 8.586 filiados e em terceiro lugar está o DEM, com 7.601. 

Em quarto e quinto lugares ficaram o PDT, com 4.340 e o PMDB, com 3.282 eleitores filiados. O PSB é o sexto maior partido da Capital, com 2.342 eleitores filiados e na sequência, em sétimo lugar, vem o PT, com 2.222. 

Até o dia da eleição, em outubro deste ano, o número de filiados por partido político pode sofrer alterações. Isso ocorre porque o eleitor pode aderir as agremiações partidárias em qualquer tempo, salvo para aqueles que pretendem se candidatar. 

É preciso ressaltar que para se filiar, o cidadão deve possuir uma inscrição eleitoral (ser eleitor) e estar em pleno gozo dos direitos políticos, salvo a possibilidade de filiação do eleitor considerado inelegível. Já os servidores da Justiça Eleitoral não podem se filiar.

Por fim, militares, magistrados, membros dos tribunais de contas e do Ministério Público observam disposições legais próprias sobre prazos de filiação. 

O eleitor só poderá se filiar a um partido político. É vedada a adesão a dois ou mais agremiações partidárias.

Se detectada essa situação, a Justiça Eleitoral intima o eleitor para optar por uma delas e caso o mesmo não se manifeste, ocorre o cancelamento automático da filiação mais antiga, permanecendo a recente. 

Também no site do TSE (www.tse.jus.br) o eleitor pode consultar se está filiado a algum partido político e emitir a certidão de filiação partidária. 

Na segunda semana dos meses de abril e outubro todos os partidos políticos, no âmbito municipal, regional ou nacional, devem informar via sistema Filiaweb, os seguintes dados: o nome do filiado, a data da filiação, o número do título e a seção eleitoral.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *