https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/12/WILSON-SANTOS1.jpg

ELEIÇÃO 2016

Em debate, Wilson Santos foca em gestão responsável e transparente

Divulgação

A linha propositiva de ações construídas para avançar na gestão pública de Cuiabá, com responsabilidade e para transformar a realidade do cidadão, foi destacada pelo candidato da coligação “Dante de Oliveira” à Prefeitura de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB), durante o primeiro debate nas Eleições 2016, promovido nesta segunda-feira (29) pela TV Record (Record/Canal 10).

Com foco em seu Plano de Governo, Wilson apontou a importância do alinhamento político com o Governo Pedro Taques (PSDB), assinalando ainda a meta de dar continuidade aos trabalhos implementados na gestão do prefeito Mauro Mendes (PSB).

A área da Saúde Pública, um dos principais desafios, segundo ele, vai receber novos investimentos, principalmente nos projetos de atenção básica.

“Cuiabá conta com 70 equipes de Programa Saúde da Família. Vamos garantir avanços sobre mais 30 e, com isso, conseguiremos atender 80% da população”, disse.

Wilson também lembrou o planejamento para conclusão das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) dos bairros Jardim Leblon e Verdão,  considerando o andamento das obras em 20% e 80%, respectivamente.

A entrega do novo Pronto-Socorro de Cuiabá, iniciadas na gestão Mendes, contando com respaldo do Governo do Estado, também está na lista de prioridades do candidato.

Saneamento

Wilson Santos destacou ainda a meta de resgatar os serviços da Sanecap (Companhia de Saneamento da Capital), apontando os resultados positivos da autarquia em sua gestão no Palácio Alencastro (2004/2010).

No período, ele foi responsável pela entrega da ETA (Estação de Tratamento de Água) Tijucal, considerada uma das mais relevantes obras do município. “Construí a segunda maior Estação de Tratamento, com 26 quilômetros de adutora”, disse.

Fomento
Na matriz de Governo, Wilson reafirmou o compromisso de consolidar o desenvolvimento econômico, com foco no pequeno e micro empreendedor.

A política do microcrédito, a juros mínimos, que foi instituída por ele na Prefeitura, deverá ser reativada em contornos ainda mais próximos da realidade do cidadão. “Quando fui prefeito, criei o Cuiabanco, que ofereceu mais de 4 mil empréstimos. Vou trazer de volta a instituição”, afirmou.

RGA

Ao ser questionado sobre sua posição de defesa do Governo na questão do pagamento da RGA (Revisão Geral Anual) aos servidores públicos, Wilson lembrou sua trajetória de defesa dos direitos dos trabalhadores, desde que respeitadas as condições da administração pública.

“Assumi a prefeitura com três folhas em atraso e em 60 dias as coloquei em dia. Fiz o Plano de Cargos e Salários. O Governo Pedro Taques pagou 100% da RGA no primeiro ano (2015). Mas, agora (2016), 25 estados não pagaram. Tem que tratar o assunto com responsabilidade. Existem 13 milhões de trabalhadores na rua”, afirmou.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *