http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/04/IMG_0897.jpg

Cuiabá, quarta, 19 de junho de 2019

CAMPEONATO MATO-GROSSENSE

Operário Várzea-grandense empata e vai para a final com o Cuiabá

Gilmar Ramos

Assessoria

A partida entre o Clube Esportivo Operário Várzea-grandense (C.E.O.V) e União  de Rondonópolis  terminou empatada em 0 a 0 e o Tricolor ficou com a classificação. O jogo de volta foi realizado na tarde deste domingo (07), na Arena Pantanal, em Cuiabá, pela  semifinais do Campeonato Mato-grossense.  Agora está definida a final do Estadual 2019, onde jogam Operário  Várzea-grandense e Cuiabá Esporte Clube, nos próximos dois domingos, dias 14 e 21, na Arena Pantanal.

O Operário tinha a vantagem do empate por ter vencido o jogo de ida em Rondonópolis pelo placar de 1 a 0. Já o Colorado tinha que fazer pelo menos um gol para levar a partida para os pênaltis, porém não conseguiu furar a forte zaga tricolor, montada pelo técnico Ariel Mamede.

A partida iniciou com o União,  Aos 3 minutos, com o meia Leo Coca, lançando o Vinicius, que ficou na cara do gol e bateu forte, mas o goleiro Naldo fez boa defesa. Aos 14 min, o Operário desceu  pela direita com velocidade com o lateral Gil Mineiro,  que tentou cruzar, mas a bola bateu na zaga e saiu.  Aos 25, o lateral Leo Gharib, do Operário, sofreu falta na lateral do campo, na cobrança feita por ele mesmo, a zaga tirou a bola lançada na área. Aos 27 min, o atacante Deco, do União, deixou Kalil na cara do gol depois de uma bela jogada, mas o atacante chutou mal.

Aos 37 min, o atacante Abner chegou com perigo movamente, mas a Zaga conseguiu tirar. Aos 40 min, Gil Mineiro, do C.E.O.V, fez um cruzamento e Abner de um bonito voleio, mas a bola passou do lado da trave.

Aos 3 minutos  do segundo tempo o atacante Goteira arriscou um chute de longe, mas saiu fraco, fácil para a defesa de Naldo. Aos 18 min, o atacante Marcelinho do União, que tinha acabado de entrar, tentou mais uma jogada de ataque,  mas na hora de chutar pegou mal na bola.

Aos 32 min, o Operário fez uma jogada rápida de ataque, com o Atacante Bruno kairo derrubado na área, o juiz não deu pênalti. Aos 36 min, Bruno Kairo desceu rápido, em contra-ataque, mas chutou na mão do goleiro. Aos 39 min, o lateral Bruno cruzou na cabeça do atacante Kalil, que cabeceou  nas mãos de Naldo.


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 9 de abril de 2019 às 09:17:21
  • 9 de abril de 2019 às 09:10:18