https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/01/acidente1.jpg

ESMAGADA POR CARRETA

Obra mal acabada do VLT pode ter contribuído com morte de estudante na Feb

Uma estudante, de 19 anos, morreu esmagada por uma carreta nesta sexta-feira (8) na Avenida da Feb, em Várzea Grande.

Há informações de que a estudante poderia estar grávida de 7 meses.

Ana Paula ia sentido Cuiabá quando freou a moto e acabou derrapando na pista indo parar embaixo da carreta, que fazia contorno em direção ao bairro Cristo Rei.

As rodas do veículo passaram por sobre a moça, que teve morte instantânea.

O acidente poderia ter sido evitado.

Um semáforo que fica no local estaria desligado, segundo testemunhas.

O condutor da carreta acionou a polícia e esperou no local até que as providências fossem tomadas.

Por causa do acidente, parte da Avenida da Feb ficou congestionada.

O caso deve ser investigado pela Delegacia de Trânsito.

O corpo de Ana Paula foi encaminhado para o Instituto Médico Legal.

NOTA DA PREFEITURA DE VÁRZEA GRANDE

A Prefeitura Municipal de Várzea Grande informa que as obras do VLT, na Avenida da FEB, são de responsabilidade do Governo do Estado de Mato Grosso, sendo que a intervenção ocorrida no canteiro central da avenida também é de responsabilidade da Secretaria de Estado de Cidades.

A Prefeitura Municipal lamenta o acidente ocorrido na data de 08.01.2016, ressaltando a necessidade urgente da continuidade de melhoria da via e da realização de obras para garantir a segurança dos transeuntes.

Também informa que notificará o Governo do Estado de Mato Grosso para que promova melhorias e segurança ao longo da Avenida da FEB.

Foto: Reprodução/Internauta

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *