https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/07/0cb370743d3e050879f8f610bb4cabd2-e1562358784158.jpg

ASSASSINATO DE SERVIDOR

Servidores do sistema penitenciário paralisaram atividades por 72 horas

Assessoria Sindspen-MT

Os servidores do sistema penitenciário realizam uma paralisação de 72 horas, neste final de semana, entre os dias 6 e 9. O movimento se dá justamente no sétimo dia do assassinato do agente penitenciário, Elison Douglas, alvejado em uma emboscada quando chegava a sua residência, em Lucas do Rio Verde (335 km de Cuiabá).

O protesto se inicia as 00:01 de sábado (06) e termina às 23:59 de segunda-feira (09). Na terça-feira (10), um documento será encaminhado à Secretaria de Segurança Pública (Sesp-MT), solicitando ao secretário, Alexandre Bustamante, providências para que a Sesp copie modelos de outros Estados, onde houve situação semelhante à morte do servidor de MT.

A presidente substituta do Sindicato dos Servidores Penitenciários de Mato Grosso (SINDSPEN), Jacira Maria da Costa, explica que os servidores só vão sair da unidade em situação de emergência.

“Daremos um prazo também de 72 horas, para à secretaria responder esse plano emergencial. Ficou acordado que no dia 12 de julho, independente da resposta da secretaria, se haverá ou não esse plano emergencial, os servidores vão estar novamente se reunindo, e será retomada a continuidade do protesto, que é uma paralisação dentro do protesto de 30 dias, onde várias ações vão ser realizadas”, frisa Jacira.

A presidente  solicitou apoio a todas as 54 unidades penais que façam esse protesto de paralisação das suas atividades, aquartelados  dentro da unidade, frisando que a cartilha de procedimentos será disponibilizada no site oficial até a próxima sexta-feira.

“Conto com vocês, a hora é esta, temos que reagir  e a nossa reação depende de cada um servidor que está inconformado com a morte do nosso irmão”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 5 de julho de 2019 às 16:31:57