https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/07/pronto-socorro.jpg

VÁRZEA GRANDE

Vigilância Sanitária colhe amostras de merenda para investigar causa de intoxicação em 50 crianças

Divulgação

O secretário de Educação, Cultura e Lazer de Várzea Grande, Sílvio Fidélis, disse que já solicitou que a Vigilância Sanitária e a equipe da Alimentação Escolar da Secretaria verifiquem qual o alimento que teria provocado intoxicação alimentar em cerca de 50 crianças do Centro Educacional Abdala José de Almeida, localizada no bairro São Matheus.

Os alunos foram encaminhados para duas unidades de saúde do município, sendo 31 para o pronto-socorro e 15 para a UPA do Ipase.

Elas apresentaram sintomas de vômito, diarreia, e tontura.

“Nós vamos fazer uma investigação. O que aconteceu na unidade escolar. A direção da Escola e a equipe do pronto-socorro estão dando todo atendimento necessário para que a gente possa verificar. Em contato aqui com os professores, eles falaram que as crianças tiveram uma alimentação normal, e falaram que o suco está dentro do prazo de validade”.

De acordo com o secretário, a Secretaria deve fazer um diagnóstico e verificar como foi todo esse procedimento de alimentação para as crianças.

“Diante do calor, a gente tem que verificar foi o alimento, foi o suco, foi a água, o que realmente aconteceu”.

Dois dos alunos hospitalizados já foram liberados. A Prefeitura ainda informou que as outros 28 crianças que estavam na escola não foram afetadas. A situação é acompanhada pelos pais dos estudantes.

De acordo com boletim de ocorrência da Polícia Militar, amostras da merenda já foram colhidas pela Vigilância Sanitária.

VÍDEO: VG NOTÍCIAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 30 de agosto de 2019 às 16:38:04
  • 30 de agosto de 2019 às 16:27:23