https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/06/ao_fundo_prateleira_com_diversas_bebidas_e_na_frente_um_carrinho_de_compras.jpg

DECRETO

População faz fila para estocar bebida alcoólica após decreto; Veja o vídeo

A Prefeitura de Tangará da Serra (242km de Cuiabá) divulgou um novo decreto nesta sexta-feira (19), proibindo por quinze dias a venda de bebidas alcoólicas na cidade, inclusive por delivery.

De acordo com o decreto, assinado pelo prefeito Fabio Martins Junqueira e a secretária de administração Maria das Graças Souto, ficou determinado, ainda, que a Secretaria Municipal de Fazenda poderá fazer fiscalização nos estabelecimentos comerciais e verificar a emissão de documento fiscal que indique o seu descumprimento.

Também foi proibido o consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos, e os estabelecimentos que possuam bebidas devem isolar o acesso aos clientes.

A nova regra passa a valer a partir das 12h desta sexta-feira (19). Antes disso, a população já havia realizado filas para comprar e estocar bebidas.

Veja:

A cidade de Tangará da Serra tem 293 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), sendo que 73 estão em monitoramento e 217 estão recuperados da doença. Três moradores da cidade já morreram em decorrência da doença.

Rondonópolis

A medida já havia sido adotada por Rondonópolis (219km de Cuiabá), em decreto emitido na última quinta-feira (18).

Na cidade, que tem o terceiro maior número de casos do novo coronavírus, ficou proibida a venda ou consumo de álcool por trinta dias.

Veja Mais

Um comentário em “População faz fila para estocar bebida alcoólica após decreto; Veja o vídeo”

  1. André disse:

    Controle comportamental começa desta maneira, em doses homeopáticas até se tornar uma Coreia do Norte. Que a população mato-grossense não permita que ABUSOS desta natureza avancem, afinal, além de não ter relação alguma com a peste chinesa (coronavírus), em nenhum momento da matéria foi colocado o motivo para justificar essa inconstitucionalidade.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *