https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/04/ff8f77e08fa6d1ea564ea302d0a3ede3.jpg

ÚLTIMAS 24 HORAS

MT tem o pior dia e confirma mais 31 mortes por covid-19

Reprodução

O Estado de Mato Grosso registrou 31 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT).

O boletim diário mostra ainda que o Estado tem 12.601 casos confirmados do novo coronavírus e 533 pessoas estão internadas com a doença.

Dentre as pessoas que estão internadas, 251 estão em UTI, dessas 180 em leitos públicos. Desta forma, 87,9% dos leitos do SUS para covid-19 estão ocupados.

Já não há mais vagas de UTI no Hospital São Luiz (Cáceres), Hospital Regional de Sorriso, Pronto-socorro de Várzea Grande, Santa Casa de Rondonópolis e no Hospital Julio Müller, em Cuiabá.

Ainda segundo o boletim, Cuiabá e Várzea Grande que estão em quarentena obrigatória lideram o número de mortes no estado, Cuiabá tem 3.132 casos confirmados e 136 óbitos; Várzea Grande tem 968 casos confirmados e registrou 97 mortes; Rondonópolis 983 casos confirmados e 38 mortes; Sinop tem 333 casos confirmados e 19 mortes e Pontes e Lacerda 311 casos confirmados e 14 mortes.

Cuiabá segue classificada como risco muito alto para contrair covid-19.

Entretanto, o quadro mostra que o risco em Várzea Grande é alto, ou seja, mais baixo que em Cuiabá. Na cidade já não há mais leitos para tratamento dos doentes com covid-19.

O boletim ainda considera como muito alto o risco da covid-19 em Rondonópolis, Sorriso, Primavera do Leste, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Campo Verde, Cáceres, Nossa Senhora do Livramento, Porto Esperidião, Pedra Preta e Marcelândia.

Pela classificação do governo do Estado essas cidades deveriam entrar em ‘lockdown’ por 14 dias.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *