https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/07/o-presidente-jair-bolsonaro-e-o-ex-jogador-marcelinho-carioca-com-a-camisa-do-corinthians-em-video-1024x649-1-910x577-1.jpg

CONSTRANGIMENTO INTERNO

Após foto com Bolsonaro, Marcelinho Carioca é demitido

Reprodução/Facebook

A repercussão negativa do vídeo o com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usando um camisa do Corinthians, fez o ex-jogador Marcelinho Carioca, ídolo corintiano, perder um contrato de publicidade.

O gesto de Bolsonaro com a camisa do clube paulista acabou repercutindo negativamente nas redes sociais, com inúmeros protestos, inclusive de outro histórico jogador alvinegro, o comentarista Walter Casagrande. O presidente é torcedor declarado do rival Palmeiras.

“Você vê? Isso que é lindo! (Bolsonaro) é palmeirense, mas quer que todos os clubes tenham a liberdade de poder fazer os seus jogos, poder trazer os craques de volta para o nosso país e abrilhantar o nosso futebol! Presidente, que honra o senhor me receber aqui no Palácio”, acrescenta, no momento em que é saudado por Bolsonaro: “a honra é toda minha, Marcelinho”.

De acordo com a revista Veja, o encontro também gerou constrangimento na diretoria do Corinthians e no banco BMG, patrocinador do time. O clube se apressou em dizer que não tinha qualquer relação com o encontro.

– Marcelinho Carioca e a MP do futebol.- No final opine quem, de fato, é melhor.. Link no YouTube: https://youtu.be/Z7c-gbhKmSk

Publicado por Jair Messias Bolsonaro em Quarta-feira, 29 de julho de 2020

“O Sport Club Corinthians Paulista torna público que não teve qualquer participação na iniciativa do ex-jogador Marcelinho Carioca, em Brasília.

A entrega da camiseta nesta quarta, na Presidência da República, foi uma ação única e exclusiva do ex-atleta”, disse o Corinthians em nota.

O presidente do clube, Andrés Sanchez, ex-deputado federal pelo PT, afirmou que “Marcelinho não é contratado nem funcionário do Corinthians. Como cidadão, faz o que bem entende”.

O ídolo corintiano, no entanto, era embaixador da parceria entre o Corinthians e o banco BMG, patrocinador master do clube. No Twitter, a hashtag #VergonhaBMG entrou entre os assuntos mais comentados.

 

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 30 de julho de 2020 às 15:09:35
  • 30 de julho de 2020 às 15:06:19