https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/02/maxresdefault-1-e1519668903905.jpg

EX-SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO

Alex Vieira usava ‘laranjas’ para fechar contratos públicos com suas empresas

Reprodução/YouTube

O ex-secretário Municipal de Educação, Alex Vieira Passos que é investigado na operação Overlap, utilizava familiares como “laranjas”, para que pudesse fechar contratos públicos com suas empresas, sendo uma delas a B.O Conceição e Silva Cia Ltda, nome fantasia Ceteps. Um contrato no valor de R$ 2 milhões firmado entre a Secretaria de Inovação e Comunicação de Cuiabá (Sicom), e a Ceteps é investigado pela Overlap.

A empresa está registrada nos nomes de Renan Rodrigo da Silva e Benedito Odário Conceição e Silva, que são pai e filho. Renan é sobrinho de Alex.  Dessa forma e com ajuda do procurador-geral do município Marcus Brito, que na época atuava na Sicom, Alex conseguiu fechar o contrato.

Além disso, vale apontar que Alex e Brito são sócios em um escritório de advocacia, também envolvido no esquema.

Na última quinta-feira (3), o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) cumpriu mandados de busca e apreensão e afastamento, no gabinete do procurador-geral, Marcus Brito, referente à segunda fase da operação.

A primeira fase, cumprida no primeiro semestre do ano, teve como alvo o até então secretário de Educação, Alex Vieira.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *