https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/08/isabele-1.jpg

EM CUIABÁ

Justiça nega liberdade à adolescente que matou Isabele com tiro na cabeça

Fantástico

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) negou, nesta sexta-feira (22), o habeas corpus a adolescente condenada por atirar e matar Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos, com um tiro na cabeça, no condomínio de luxo Alphaville I, em Cuiabá.

A jovem, apontada como autora do disparo que matou Isabele, está internada no Centro de Ressocialização Menina Moça desde a última terça-feira (19), quando a juíza Cristiane Padim da Silva, da 2ª Vara Especializada da Infância e da Juventude, proferiu sentença por ato infracional análogo a homicídio doloso.

Segundo a decisão da juíza, que classificou a atuação da jovem como “desamorosa, desumana, fria e hostil”, a adolescente deve ficar internada por tempo indeterminado, respeitando o prazo máximo estabelecido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), de três anos. A sentença prevê revisão da medida a cada seis meses.

O pedido foi negado pelo desembargador Juvenal Pereira da Silva.

Na última quarta-feira (20), o advogado responsável pela defesa da atiradora, Artur Osti, afirmou ter recebido a decisão com “surpresa” e reafirmou que a cliente não teve intenção de matar Isabele.

Segundo o advogado, o pedido foi negado, mas afirmou que ainda não está a par do conteúdo da decisão.

Por isso, a defesa deve se pronunciar posteriormente.

Veja Mais

Um comentário em “Justiça nega liberdade à adolescente que matou Isabele com tiro na cabeça”

  1. leo disse:

    tem que morrer na cadeia essa menor assassina,

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *