https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2023/11/WhatsApp-Image-2023-11-17-at-15.37.18.jpeg

ALMT - Acessibilidade - novembro/dezembro

XV ENCONTRO

Mediação e arbitragem de conflitos no agronegócio é tema de evento em Cuiabá

DA REDAÇÃO / MATO GROSSO MAIS
[email protected]

Divulgação

Como resolver de forma célere conflitos que surgem no agronegócio sem recorrer ao Poder Judiciário? Esta e outras perguntas serão respondidas nos dias 23 e 24 de novembro, quando Cuiabá recebe o XV Encontro Nacional de Arbitragem e Mediação. Realizado no Hotel Deville Prime, o evento tem como tema este ano “As boas práticas da Arbitragem, Dispute Boards e Mediação nas relações do Agronegócio”.

O encontro é organizado pelo Conselho Nacional das Instituições de Arbitragem e Mediação (Conima), entidade fundada há 26 anos e que congrega dezenas de instituições voltadas para a solução de conflitos e controvérsias de forma extrajudicial, espalhadas em todo o país.

Fazem parte da programação do evento a conferência das Instituições de Mediação e Arbitragem (IMAs) associadas, um workshop voltado aos interessados na constituição de Câmaras de Arbitragem e Mediação; uma palestra magna; além de três painéis com os temas Arbitragem, Dispute Boards e Mediação aplicados “antes da porteira” – insumos; Arbitragem, Dispute Boards e Mediação aplicados “dentro da porteira” – produção; e Arbitragem, Dispute Boards e Mediação aplicados “depois da porteira” – armazenagem e distribuição logística.

Clique e entre no nosso grupo do WhatsApp do Mato Grosso Mais e receba todas as notícias na sua mão.

Siga-nos também no Instagram e acompanhe nossas atualizações em tempo real.

“O evento é voltado, principalmente, para administradores, administradores de fazenda, contabilistas, empresários do agronegócio, advogados e todos aqueles que se interessam pelo tema”, destaca a presidente do Conima, Soraya Nunes, responsável pela organização do evento.

Ela pontua que a mediação e a arbitragem de conflitos e controvérsias têm conquistado cada vez mais as empresas do setor diante das vantagens em relação aos processos judiciais tradicionais. “A grande vantagem é justamente a questão do tempo. Nos casos extrajudiciais, a solução para estes problemas se dá de forma muito mais rápida, com custos muito menores e de forma menos desgastante que nas ações que correm na Justiça”.

Além de Soraya, estão confirmados como palestrantes e painelistas nomes como o da advogada Patrícia Kobayashi, Diretora Executiva do CAM-CCBC; de Fernando Cadore, Presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja); da advogada Rafaela Souza Haddad, Mediadora Extrajudicial e Judicial certificada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ); e de Rodrigo Bressane, Consultor Jurídico da Federação da Agricultura de Mato Grosso (Famato).

Os ingressos são limitados e estão disponíveis no site https://www.sympla.com.br/evento/xv-encontro-conima/2154668, bem como a programação completa do evento e mais informações.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *