http://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/01/949eed16dbd60cd4c5e4170038659f2d.jpg

Cuiabá, sábado, 15 de junho de 2019

APÓS VISTORIA

Dutrinha deve ter reforma iniciada nas próximas semanas

DA REDAÇÃO / MATO GROSSO MAIS

Reprodução

Durante vistoria ao Estádio Eurico Gaspar Dutra, o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, foi apresentado ao projeto que contemplará a primeira etapa da reforma no local. Durante o encontro, realizado nesta terça-feira (22) com representantes das secretarias de Ordem Pública e Planejamento, ele garantiu que a ordem de serviço deverá ser assinada nos próximos dias.

De acordo com Vuolo esta intervenção contempla principalmente os aspectos que dizem respeito à segurança, propostos pelo Ministério Público do Estado (MPE) e pelo Juizado Especial dos Torcedores em 2015, quando o espaço foi fechado para jogos. Assim, estão previstos reparos no vestiário, na área de acesso dos jogadores e arbitragem, salas de imprensa e polícia, além de adequações de acessibilidade.

Também serão realizadas obras emergências, como a reconstrução de um dos muros laterais, que desabou recentemente, e a manutenção da arquibancada localizada ao lado da entrada principal. Segundo o secretário, o processo licitatório já foi encerrado e a empresa vencedora já assinou o contrato, aguardando apenas a ordem de serviço para dar início aos trabalhos.

Paga com recursos da Prefeitura, a reforma tem orçamento previsto de R$ 500 mil e garantirá a recepção de jogos do campeonato Estadual. “Muitas gestões se passaram e o Dutrinha nunca foi olhado do jeito como deveria ser. Agora o prefeito Emanuel Pinheiro, diante da importância histórica do Estádio e de sua relevância para a sociedade cuiabana e para o esporte, autorizou este investimento inicial”, disse.

A primeira etapa da intervenção deve ser entregue em abril deste ano, quando é comemorado o tricentenário da Capital. Em paralelo a isso, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, assinou na segunda-feira (21) o Termo de Cooperação que garantirá a escolha dos projetos arquitetônicos do estádio Dutrinha e do Mercado Municipal.

O processo seletivo vai assegurar o projeto da segunda etapa da reforma do espaço e conta com a parceria do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) e do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA). “Restaurada essa parte, daremos início aos trabalhos para angariar recursos maiores, para a execução de um plano mais elaborado”, afirma o Vuolo.

O secretário adjunto de Esportes, Edilson Odilon, lembra que estádio, que terá capacidade para receber cerca de três mil torcedores, não está em conformidade com as normas da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Estes critérios, contudo, deverão ser atendidos com a reforma.


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 23 de janeiro de 2019 às 14:29:04

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *