https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/06/IMG_8751.jpg

BALSA ECOLÓGICA

Prefeito lança balsa para coletar lixo do rio

Leonardo Mauro / MatoGrossoMais

Aproximadamente 10 toneladas de lixo devem ser retiradas por mês do Rio Cuiabá. Essa é a estimativa da Prefeitura de Cuiabá a partir da implantação do serviço de coleta fluvial, lançado nesta segunda-feira (24).

Por meio Balsa Ecológica, a equipe de operação percorrerá o trecho, definido entre a Ponte Nova até o São Gonçalo Beira Rio, recolhendo diariamente todo tipo de material encontrado nas margens do rio.

“Salvar o Rio Cuiabá depende de um esforço em conjunto e essa etapa é fruto de um grande planejamento para a preservação do nosso maior patrimônio natural. É um processo que começou com investimento emergencial de R$ 228 milhões em saneamento básico, que estamos fazendo. Posteriormente, iniciamos a implantação das lixeiras subterrâneas. Melhoramos as condições da coleta domiciliar, com a entrega de 25 novos caminhões, que já estão atuando na cidade”, explica o perfeito Emanuel Pinheiro.

A quarta etapa é a partir da coleta fluvial. A balsa possui 7.20 metros de comprimento, 3 metros de largura e laterais com 1.10 metro de altura, com tela de uma polegada. Além disso, o piso é construído com chapa de aço e forrado com borrachão, garantindo a segurança aos coletores. A coleta será realizada por uma equipe formada por três servidores. De acordo com prefeito, a embarcação também será utilizada para o desenvolvimento de atividades ambientais educativas.

“Além do fator limpeza, essa balsa exercerá esse papel pedagógico. Quero sempre apresentar para a sociedade aquilo que é jogado indevidamente no rio e que estamos recolhendo. Infelizmente, em nossas ações retiramos televisores, cadeiras, sofás e outros tipos de materiais que são despejados no Rio Cuiabá. Não adianta somente cobrar da Prefeitura à limpeza e continuar jogando lixo de forma irregular”, enfatiza Pinheiro.

Conforme o secretário de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa, será feito um trabalho de parceria com a Secretaria de Educação, visando alcançar, prioritariamente, alunos das unidades municipais de ensino. Foi pensando dessa forma que milhares de crianças participaram da solenidade de lançamento da Balsa Ecológica.

“Todos nós devemos fazer a nossa parte, pois se isso não for feito de forma espontânea,0 teremos de fazer futuramente pela dor. Já desenvolvemos um trabalho de educação ambiental com nossas crianças e pretendemos ampliar esse trabalho. Vamos montar uma programação que ajude as crianças a se interessarem pela preservação do nosso meio ambiente”, comenta Stopa.

Para o diretor de Resíduos Sólidos, Anderson Matos, a entrega da Balsa Ecológica vem ao encontro das dezenas de ações de o Município já executa. “É mais uma atividade que vem para nos ajudar no trabalho de limpeza da cidade. Temos como grandes exemplo de sucesso o Mutirão de Limpeza e o Cata-treco, que foram experiências pioneiras, e agora a Prefeitura amplia esse conjunto de ações com a coleta fluvial”, pontua.

A chegada da Balsa Ecológica integra as medidas exigidas no processo licitatório, finalizado em 2018, que resultou na assinatura de contrato com a Locar Gestão de Resíduos. Apesar do novo modelo de contrato estabelecer o pagamento mensal pela quantidade de resíduos coletados e não mais pelos maquinários disponibilizados, o Município tomou todas as providências necessárias para assegurar a chegada do equipamento.

A solenidade contou com a presença do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, do ex-deputado estadual João Malheiros, do presidente da Câmara Municipal, Misael Galvão, dos vereadores Adevair Cabral, Marcos Veloso, Dr. Xavier, Mario Nadaf, Orivaldo da Farmácia, Adilson da Levante, secretários municipais e lideranças de bairros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais