https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/08/4f46abfc-d42b-4555-b508-82069d1066e1.jpg

ELEIÇÃO 2020

Irmãos Campos hipotecam apoio e Emanuel pode ter 11 partidos

Gilberto Leite

Mesmo contando com a antipatia do presidente do DEM de Mato Grosso e do governador Mauro Mendes (DEM), Emanuel Pinheiro (MDB) está muito próximo de fechar apoio do Democratas para sua candidatura à reeleição de prefeito da Capital ano que vem.

Para isso, Pinheiro conta, nada mais nada menos, com o coro dos irmãos Júlio e Jayme Campos (DEM).

No entendimento da família Campos, o DEM não tem nome à altura para enfrentar Emanuel Pinheiro. Para o DEM, não basta entrar na disputa, é preciso vencer.

Um nome de expressão da legenda está bem distante em ter interesse em disputar uma prefeitura. Eduardo Botelho, presidente da Assembleia Legislativa, não quer ser candidato a prefeito de Cuiabá, nem de Várzea Grande.

O secretário de Saúde do Estado, Gilberto Figueiredo, uma aposta para o governador, não decola de jeito nenhum.

Ainda na visão dos irmãos Campos, Emanuel Pinheiro conta com uma amizade antiga com a família, da época do “seu” Fiote, pai de Júlio e Jayme.

Com a hipoteca dos irmãos Campos na candidatura de Pinheiro, o prefeito contará com 11 partidos em sua base eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 10 de julho de 2019 às 07:34:21