https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/07/clarias-A.jpg

NESTA QUINTA

Piano e clarinete protagonizam concerto do Instituto Ciranda

Divulgação

Nesta quinta-feira (01.08), a partir das 20h, o auditório da Faculdade de Comunicação e Arte da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) recebe o Duo ClariaAr para um concerto especial da Série Amazônia, parte integrante da Temporada Artística 2019 do Instituto Ciranda – Música e Cidadania.

No concerto desta semana, as primas Jessica Gubert (clarineta) e Andréia Figueiredo (piano) tocam juntas, profissionalmente, pela primeira vez. Ambas cresceram tocando nas reuniões de família e agora realizam seu primeiro encontro profissional.

“Sempre quisemos tocar juntas, profissionalmente, para além dos encontros familiares (risos). Mas como moramos em Estados diferentes, não tínhamos conseguido realizar esse sonho, até agora. O bom é que já conseguimos organizar uma agenda de concertos em Mato Grosso e Rondônia, que segue até outubro. Acho que a partir do concerto desta semana, essa parceria vai deslanchar (mais risos)”, comemora Jéssica Gubert.

Para Andréia Figueiredo, a distância entre ela e a prima era um obstáculo a ser superado. “A música não tem fronteiras, é uma linguagem universal. Fiquei estudando a minha parte em Rondônia e a Jessica estudando em Cuiabá, para depois juntarmos tudo. Há muito tempo pretendíamos tocar juntas, mas nunca dava certo. Felizmente,  agora deu. E o repertório está incrivelmente bem elaborado”, adianta.

Por falar no repertório, o programa da noite traz peças de Camille Saint-Saëns (Sonata para clarinete e piano Op. 167); Robert Schumann (Fantasiestücke Op. 12); e Edmundo Villani-Côrtes (Luz, para clarinete e piano). Além dessas, o duo exibirá um arranjo especial para piano e clarinete de Libertango, de Astor Piazzolla.

ClariAr

O grupo ClariAr possui formação flexível, tendo sempre como base a presença da clarineta como instrumento condutor de cada programa apresentado. Com diversos concertos realizados utilizando a formação quarteto de clarinetas, o ClariAr recebeu por duas vezes o Prêmio Funarte de Música Brasileira, realizando grande número de concertos em cidades de Mato Grosso como Cuiabá, Rondonópolis e Sinop.

Instituto Ciranda

Há 16 anos ininterruptos, o Instituto Ciranda desenvolve um programa de educação musical dedicado a crianças e adolescentes em idade escolar. Em 2019, serão mais de mil jovens atendidos em oito polos de ensino distribuídos pelo Estado. São eles: Cuiabá (bairros Boa Esperança e Dr. Fábio), Poconé, Campo Verde, Várzea Grande (Bairro São Matheus) e Rondonópolis, além dos polos de João Carro e Água Fria, zona rural de Chapada dos Guimarães.

Parte das primeiras gerações de instrumentistas formada pelo Instituto Ciranda, hoje, ensina para novas gerações de músicos teoria e técnicas, leitura de partituras e prática em conjunto. “Desde sua criação, em 2003, a instituição vem transformando vidas ao tempo em que forma novas plateias, novos instrumentistas, professores e cidadãos”, comemora o maestro Murilo Alves, presidente do Instituto.

O Instituto Ciranda – Música e Cidadania é um dos 32 Pontos de Cultura apoiados pelo Governo de Mato Grosso via Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer.

Serviço

Duo ClariAr se apresenta no auditório da FCA, na UFMT
Data: Quinta-feira (01/07)
Horário: 20h
Quem pode participar: Livre para todas as idades
Ingresso: 2kg de alimento
Outras informações: (65) 3623-1239

Assessoria de Imprensa: whatsapp (65) 98425-1443

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais