https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/07/IMG_4283.jpg

40 ANOS MAIS VELHO

Youtuber afirma que idade do marido não incomoda

Reprodução

Monique Elias, de 38 anos, afirma ser feliz e viver uma união saudável com Itamar Serpa de 78 anos, dono da Embelleze. Mas a youtuber do canal “No Pique da Nique” afirma que a diferença de idade entre os dois incomoda muita gente, mas que o casal não se importa.

“A diferença de idade entre nós dois incomoda muita gente, mas não nos importamos. A nós dois não incomoda em nada, eu vejo nele um homem e ele vê em mim uma mulher, estamos resolvidos quanto a isso. Mas o julgamento maior é pela condição financeira, o que eu super entendo”, pondera a influencer.

“As pessoas acham que eu estou com ele só por conta da condição financeira.Eu diria que eu sou uma mulher de muita sorte. Encontrei tudo num homem só: sabedoria, amor, experiência, inteligência e o fato dele ser bem-sucedido me agrada muito, pois me considero muito bem-sucedida. Tenho uma história de vida de muito trabalho e estudo. Eu já existia antes dele existir na minha vida, tanto que ele me viu, não sou apenas a mulher dele”, completa.

O casamento com Itamar não é o primeiro que Monique tem com um homem mais velho. E Monique também não é a mulher mais jovem com quem Itamar já se relacionou.

“Não é só isso que nos une não, até porque se fosse isso, já não estaríamos mais juntos. Eu passo por isso desde os meus 18 anos. Quando casei a primeira vez com o pai do meu filho que era muito mais velho que eu também. Já me acostumei”, disse.

Monique afirma que o preconceito não a incomoda mais e não ter paciência para homens de sua idade.

“Já aconteceu certa vez e foi muito ruim, eu me via como uma espécie de mãe. A sociedade é hipócrita. Vejo até deficientes serem apontados. Imagina eu! É o preço que tenho que pagar por depois de tantos anos solteiros ter o amor do meu marido e não ser mais um passatempo na vida dele”, acredita.

Monique é mãe de um adolescente de 17 anos e de gêmeos de 5 anos.

“Lido com três gerações totalmente diferentes no meu dia a dia e ainda busco tempo para me cuidar, como toda mulher deveria fazer. Ter um tempo para si mesma. Quando nos sentimos bem consigo mesma, superamos inveja e julgamentos. E fazemos o que é mais importante, amamos e somos amadas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 31 de julho de 2019 às 14:49:24
  • 31 de julho de 2019 às 14:48:01