https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/08/ze-roberto-guimaraes-06082019135054123.jpeg

VÔLEI FEMININO

Zé Roberto Guimarães confirma que deixa seleção após Olimpíadas

Kimimasa Mayama/EFE

O técnico Zé Roberto Guimarães, de 65 anos, confirmou na manhã desta terça-feira (6), que os Jogos Pan-Americanos de Lima serão os últimos da carreira do treinador no comando da seleção feminina de vôlei. Com isso, as Olimpíadas de Tóquio 2020 marcarão o fim de um trabalho de mais de 16 anos no comando do Brasil.

“É muito difícil porque eu amo estar aqui. Eu adoro vestir a camisa da seleção brasileira. Não meço esforços para isso. Era o meu sonho de criança e adolescente representar o meu país e jogar entre os melhores do mundo. Conseguir isso é muito bom”, contou Zé Roberto.

O treinador assumiu o time feminino em 2003 e conquistou dois ouros olímpicos, em Pequim 2008 e Londres 2012. Nesse período foi campeão do Pan em Guadalajara 2011.

“Eu vou sofrer muito quando eu deixar essa vida de técnico, deixar de vestir a camisa da seleção, deixar de desfilar ao lado da bandeira do Brasil. Mas tudo tem um começo, um meio e um fim. A minha trajetória está chegando ao final e quero aproveitar da melhor forma possível”, afirmou o treinador.

O treinador sugeriu à CBV (Confederação Brasileira de Vôlei) Paulo Cocco para substituí-lo. “Ele conhece muito de vôlei, conhece o trabalho. Na minha opinião é a pessoa mais indicada para assumir. A Confederação vai decidir”, disse Zé Roberto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais