https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/06/arcanjo-dois.jpg

OPERAÇÃO MANTUS

Tribunal de Justiça de MT nega liberdade por "extensão" a ex-comendador

João Arcanjo Ribeiro está preso desde 29 de maio. Foto: Mato Grosso Mais

A Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) negou a João Arcanjo Ribeiro o pedido de extensão ao habeas corpus (HC) concedido ao seu genro, empresário Giovani Zen Rodrigues.

Com isso, o ex-comendador segue enclausurado pelo menos até o julgamento do mérito de um habeas corpus impetrado pela sua defesa.

O pedido de extensão foi negado por 2 votos a 1. Votaram pela manutenção da prisão os desembargadores Rui Ramos Ribeiro (relator) e Gilberto Giraldelli, enquanto Juvenal Pereira da Silva defendeu a concessão da liberdade. As informações são do Folhamax.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 22 de agosto de 2019 às 11:11:13
  • 22 de agosto de 2019 às 11:10:07