https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/09/WhatsApp-Image-2019-02-01-at-18.39.561.jpeg

APÓS DIVERGÊNCIAS NO PSL

Selma Arruda oficializa filiação no Podemos com discurso contra corrupção

Assessoria

A senadora Selma Arruda assinou, há pouco, sua filiação no Podemos, em evento realizado na tarde desta quarta-feira (18), no Salão Azul, do Senado Federal, em Brasília, ao lado da presidente nacional, Renata Abreu, do vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro, do deputado federal José Medeiros e do senador Álvaro Dias, entre outras personalidades.

A senadora sai do PSL por divergências políticas com o filho do presidente da República, senador Flávio Bolsonaro.

De acordo com Arruda, Bolsonaro, o filho, fez pressão para que ela retirasse assinatura da CPI da Lava Toga, que tem o objetivo de investigar ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Em uma das conversas, revelou a senadora, Flávio Bolsonaro teria “gritado” com ela em uma ligação telefônica.

Apesar de estar deixando o PSL, a ex-juíza reafirmou o seu compromisso com o Brasil e deverá se manter na base de sustentação do governo.

“Eu quero dizer ao Brasil e ao meu Estado do Mato Grosso, que eu vou continuar a mesma Selma destemida, lutando contra a corrupção, lutando pela Operação Lava Jato”.

O fato de ela estar ingressando em outro partido não lhe tira desse enredo. Segundo ela, faz o contrário, “traz apenas para um ambiente onde eu possa ser mais acolhida, onde eu me sinta mais independente para construir um Brasil melhor para todos”.

Selma disse ainda que vai continuar lutando para “limpar” o Brasil. Um pouco ressentida com o PSL, a parlamentar esclareceu que vai manter seus princípios de magistrada, e de pessoa que preza pelo combate à corrupção.

“Existem muitos lugares que precisamos levantar o tapete para descobrir a sujeitar que têm embaixo, e nós vamos trabalhar para isso. O Brasil tem que ser passado a limpo em todas as esferas, não só no executivo, não só no legislativo nem somente no judiciário”, atacou a senadora.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 18 de setembro de 2019 às 21:42:46
  • 18 de setembro de 2019 às 20:26:18