https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/09/2f0968c94fa88fb9c9d9b100fdab841b-785x466.jpg

SEM CORPO

Seis suspeitos de participar do desaparecimento de mulher viram réus na Justiça

Reprodução / Ilustração

A Justiça acatou denúncia oferecida pelo Ministério Público Estadual (MPMT) contra seis suspeitos de participação no homicídio de Alessandra de Alcântara Polmann, de 33 anos, ocorrido há quase 10 anos, em Cuiabá. A vítima desapareceu no mês de outubro de 2009 e até hoje não teve o corpo localizado.

A investigação foi realizada pela Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), o inquérito foi enviado no 11 de setembro ao MP.

No trabalho de investigativo, equipes da DHPP conseguiram identificar pessoas envolvidas no desaparecimento da vítima que foram indiciadas no inquérito policial.

Com base nas investigações da Delegacia de Homicídios, o MPMT ofereceu denúncia contra Josué Pires de Camargo, o “Zuel”, Rosinete de Souza, conhecida como “Rose” e Mamedes Gonçalves Pinheiro, o “Fernandinho”.

Todos estão indiciados pelos crimes de homicídio qualificado pelo recurso que impossibilitou a defesa da vítima e para assegurar a impunidade de outros crimes, associação criminosa e fraude processual.

A Justiça também aceitou a denúncia contra outros três indiciados: Delson de Souza, Rejane Catarina Gayva e Izete Botelho Xavier, pelos crimes de associação criminosa, fraude processual e falso testemunho.

Os denunciados pelo homicídio e ocultação de cadáver tiveram as prisões temporárias convertidas em preventivas.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 20 de setembro de 2019 às 19:58:00