https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/10/images-5.jpg

ATENÇÃO, CANDIDATOS!

A um dia da prova, professor dá dicas valiosas para se dar bem no Enem; vídeo

Reprodução

Amanhã, domingo, dia 03 de novembro, cerca de 5.095.308 milhões de inscritos farão a prova do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem.

A segunda etapa da avaliação está prevista para ser realizada na semana seguinte, também no domingo, dia 10 de novembro.

Nas últimas horas que antecedem o Enem, os sentimentos de ansiedade e dúvida tomam conta dos candidatos.

O professor Sidney Farina, em conversa com o Mato Grosso Mais, nesta semana, deu algumas dicas para quem vai encarar às 5h30 de prova no primeiro dia e 5h no segundo.

“Eu costumo dizer para os meus alunos que eles têm que fazer uma avaliação de como eles estavam em janeiro e como eles estão hoje. Se ele analisar com calma e frieza, vai perceber que ele cresceu e é com esse crescimento que ele tem de contar na hora de fazer a prova”, disse.

Confiança é um fator fundamental na hora de resolver os exercícios dos testes. Segundo Farina, ficar se preocupando com sentimento de incapacidade não contribuirá para um bom desempenho.

“Essa sensação só atrapalha, é melhor que foquem só naquilo que se conseguiu fazer, inclusive acreditando que foi feito muito. É pensando dessa forma que o aluno conseguirá aproveitar o trabalho dele. Tem que ter alto confiança e se por algum motivo alguém não tiver, é interessante que a desenvolva até o dia da prova”, explicou.

Outra dica para um bom resultado, é fazer uma análise dos temas abordados em cada área do conhecimento.

“Se existe alguma coisa que se queira fazer de hoje até o dia da prova, basta fazer o uso da ferramento Google e pesquisar em fontes seguras, os temas que são mais abordados em todas as áreas do conhecimento. Não adianta agora na reta final, colocar a mão num livro e achar que vai absorver muita coisa porque corre o risco de estudar um assunto que nem será abordado”, orientou.

O professor Farina também deu dicas quanto ao tema da temida redação. De acordo com ele, com os temas são sempre algo ligados a questões sociais, o ideal é não deixar prevalecer o viés político na hora de escrever o texto.

“O viés não é esse, você deve focar no tema e objetivo proposto por meio do conhecimento adquirido por meio de leituras, filmes, documentários ou sites. Você deve tratar do assunto sempre tendo o cuidado de encontrar uma solução, porque o que se busca numa proposta de redação, é uma proposta de solução”, reforçou.

E por fim, uma dica fundamental é ficar bem emocionalmente.

“Não crie situações que podem te abalar, e é claro, não procure fazer extravagância. Por exemplo, ir para a boate e sair de lá e ir para a prova. É claro que assim vai estar abalado do ponto de vista físico e emocional”

Veja o vídeo

Sobre o professor Farina

Sidney Farina nascido em 1952 na cidade de Mandaguaçu interior do Paraná, mudou-se para Cuiabá em 1993. Atuando como professor de física, começou ministrando aulas em escolas tradicionais de Cuiabá, logo, montou seu curso de exatas na avenida do CPA em 1997 e percebendo  a necessidade de algo mais personalizado, decidiu abrir a Escola do Farina em 1999.

De lá para cá, passou por transformações que aprimoraram o trabalho realizado pela Instituição. Para o ano letivo de 2020 teremos mais uma unidade com o mesmo padrão farina de atendimento, o Farina PV uma nova unidade para curso pré-vestibular de meio período (matutino).

Resultados
O resultado da dedicação exclusiva se mostra nas várias aprovações nos cursos mais concorridos do Brasil como, Medicina, Direito e Engenharia, em diversas universidades, sejam elas públicas, privadas, regionais ou nacionais. No curso de Medicina em 2018/2019 foram 138 aprovações sendo 10 aprovações nas Universidades Federais e Estaduais, com essa dedicação exclusiva obtivemos a nota 1000 na Redação do Enem 2018.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 2 de novembro de 2019 às 12:35:12
  • 1 de novembro de 2019 às 17:06:08