https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/11/WhatsApp-Image-2019-11-01-at-14.15.19.jpeg

NO ATAQUE

Acuado, vereador promete mover processo de cassação contra uma lista de colegas

Ednei Rosa

O vereador Abílio Júnior (PSC), após ser notificado da abertura de um processo de cassação de seu mandato, promete abrir outros pedidos de cassação contra seus opositores e usar a estratégia de se defender, atacando os parlamentares com os mesmos argumentos usados contra ele.

“Nós vamos esperar até o último dia, até o último dia disponível, vocês vão estar acompanhando as nossas estratégias, que é apresentar também, novos pedidos de cassação de mandato dos demais vereadores”, ameaçou o vereador.

A Comissão de Ética da Câmara de Vereadores de Cuiabá abriu o procedimento disciplinar para apurar quebra de decoro parlamentar. A resolução que instaurou o processo foi publicada no Diário de Contas que circulou na sexta-feira (25).

“Se o meu comportamento que não xinga ninguém, que não agride ninguém é considerado como quebra de decoro, aquele que xinga e que agride também comete quebra de decoro”, afirmou Abílio.

O socialista cristão nomeou alguns vereadores que ele pretende abrir o processo de cassação, para ele, esses parlamentares também cometeram quebra de decoro como ele é acusado.

“Já esta na nossa lista o Chico 200 (PL), o Adevair Cabral (PT), Renivaldo Nascimento (PSDB) e Juca do Guarana (AVANTE). O Juca jogou uma cadeira em mim dentro da presidência e acertou o lábio do Orivaldo, o Renivaldo disse que não tem mais diálogo comigo e que partiria para uma violência muito pior, o Chico 2000 já tentou me agredir no plenário, então, por motivo de agressão eles têm de sobra” acusou o parlamentar.

Se o parlamentar for cassado pela Câmara e perder o cargo, ele ficará inelegível por oito anos, e mesmo correndo esse risco, o vereador diz não estar com medo.

“O que eu temo não é ter o mandato político cassado, o que eu temo é deixar eles fazerem o que querem sem eu lutar, esse é meu temor. Eu vou lutar até o último dia. A intenção deles, provavelmente, não é deixar eu inelegível pra possivelmente não disputar contra o prefeito Emanuel em 2020. Existem outros vereadores, eles podem derrubar Abílio, mas ainda tem Bussik, tem o Diego, o Dilemário, tem o Felipe Wellaton”, finalizou Abílio.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 2 de novembro de 2019 às 20:05:23
  • 1 de novembro de 2019 às 16:57:07