https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/11/Projeto-Empreender-para-a-Liberdade.jpg

CAPACITAÇÃO

Reeducandas de Tangará realizam curso de confeitaria

Assessoria

Cerca de 20 reeducandas participaram do curso de confeitaria pelo projeto Empreender para a Liberdade, desenvolvido pela Cadeia Pública Feminina de Tangará da Serra (240km a Médio Norte de Cuiabá) em parceria com o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT). A capacitação teve início no dia 17 de julho e terminou em 06 de novembro, com carga horária de 170 horas.

Também foram abordadas temáticas diversificada de motivação, oficinas, palestras sobre ética profissional, higiene pessoal, cuidados com alimentos e direitos da mulher. As reeducandas que participaram terão direito ao certificado de nível técnico médio, além da remição de pena.

O curso teve o intuito de proporcionar a autonomia financeira, visando a melhora na autoestima das reeducandas em situação de vulnerabilidade, por meio das atividades desenvolvidas dentro da unidade.

“A satisfação das alunas em elaborar e mostrar as habilidades na produção de bolos e salgados foi nítida, sendo também observado as expectativas de futuro como mulheres empreendedoras na construção de uma nova história”, ressalta a coordenadora do projeto Marcieli Aparecida.

A carga horária do curso foi dividida em três módulos, sendo o primeiro com o núcleo fundamental que apresentou os conhecimentos de base científica do ensino médio. Já o segundo, com o núcleo articulador, abrangeu conhecimentos do curso técnico médio e educação profissional, e em terceiro lugar ficou o núcleo tecnológico, que aplicou conhecimentos de formação específica em confeitaria.

Durante o núcleo tecnológico foram produzidos bolos, salgados e elaborado caderno de receita.

O curso contou com o apoio dos servidores técnicos, docentes, estudantes da IFMT de Tangará da serra e profissionais parceiros de outras instituições públicas do município.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *