https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/07/b8a464a61c8868e28a55a92042d97df0.png

GUERRA NA SAÚDE

Prefeitura de Cuiabá faz coletiva para rebater números divulgados por Gilberto Figueiredo

Divulgação

A guerra de informações da área da saúde entre Governo do Estado e Prefeitura de Cuiabá continua nesta quarta-feira (4).

O secretário da Capital, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho, deve divulgar dados sobre repasses feitos pelo Estado ao Alencastro para pagamento dos hospitais Filantrópicos.

Nesta terça-feira, o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, divulgou números que mostram que a prefeitura de Cuiabá não vem fazendo os repasses a essas unidade de saúde, que já foi motivo de fechamento do Hospital Geral e alguns estabelecimentos hospitalares.

De acordo com o Estado, o objetivo agora é fazer a antecipação de repasses aos hospitais filantrópicos nesta semana, para impedir a ocorrência de novas suspensões de atendimentos e procedimentos.

A decisão foi tomada nesta terça-feira (03.12), durante reunião com representantes dos hospitais e da Prefeitura de Cuiabá, na sede da Secretaria de Saúde Estadual.

Na ocasião, os gestores das unidades confirmaram que os repasses feitos pelo Estado à Prefeitura de Cuiabá não estão sendo pagos aos hospitais.

Durante a reunião, a SES apresentou as planilhas dos pagamentos, deixando evidente a regularidade dos repasses financeiros efetivados pela gestão estadual em 2019 à Prefeitura de Cuiabá.

A crise entre Emanuel Pinheiro e Mauro Mendes está tão acentuada, que o próprio site do Governo aproveitou a ocasião para cutucar o emedebista.

Acima do título da reportagem ,feita pela assessoria da Saúde do Estado, foi colocada a informação (chapéu – termo jornalístico que se usa acima de um título) “Prefeitura não pagou”, deixando evidente que o clima entre os dois gestores está longe de ter dias melhores.

De acordo com o cronograma de pagamentos apresentado pela SES, o Governo do Estado está em dia com os cinco programas que contemplam os hospitais filantrópicos em Mato Grosso, realidade que foi reforçada pelos gestores das unidades.

Os repasses

A parcela do Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal (FEEF), paga regularmente nos dias 15 de cada mês, será antecipada nesta quarta-feira (04.12); o recurso é relativo à competência de novembro. De acordo com o gestor da pasta, a próxima parcela do incentivo também será antecipada e paga ainda no mês de dezembro.

O recurso destinado à manutenção dos serviços hospitalares de Média e Alta Complexidade (MAC) está regular até outubro de 2019. Os valores referentes às Unidades de Terapia Intensiva (UTI) estão pagos até julho de 2019, sendo que a SES prevê o pagamento de agosto para esta quarta-feira (04) e aguarda a conclusão do processo para a efetivação do repasse de setembro.

Situação parecida acontece com o recurso previsto para a manutenção do serviço de Toracotomia (abertura do tórax), que está regular até julho de 2019; o repasse relativo ao mês agosto também deve ser efetivado nesta quarta-feira.

“O Governo do Estado reitera a rigorosidade nos repasses daquilo que é de sua responsabilidade e, muito além disso, faz um grande esforço para repassar, ainda este ano, tudo aquilo que é de competência de 2019”, concluiu o secretário Gilberto Figueiredo. (Com assessoria)

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 4 de dezembro de 2019 às 15:49:55
  • 4 de dezembro de 2019 às 15:10:29