https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/12/1.jpg

VEJA VÍDEO

Sete pessoas são presas após briga generalizada e desacato policial

Montagem

Sete pessoas foram detidas após uma briga neste domingo (08), no Clube Atlântico, localizado no bairro Pirineu, em Várzea Grande.

C.C.O. de 36 anos, agrediu verbalmente os policiais dizendo que era funcionário público, e atuava na Secretaria de Fazenda e era ele quem pagava os salários dos policiais.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra a briga e os policiais fazendo o uso de força para conter os envolvidos na discussão. (Veja o vídeo no final da matéria)

A Polícia Militar, em ronda pelo bairro, entrou no clube e presenciou um tumulto, a tentativa de encerrar a briga, os PMs foram desacatados. Diante da situação, o suspeito recebeu voz de prisão.

A esposa E.M.S. de 38 anos, do homem preso, e sua filha T.P.S.P. de 18, foram para cima dos policiais e começaram a agredi-los para evitar a prisão de C.C.O.

Segundo informações do boletim de ocorrência, os policiais solicitaram apoio para contornar a situação.

Com o reforço, C.C.O. foi preso e os participantes da festa tentaram impedir e foram para cima dos militares.

Os suspeitos passaram a xingar os policiais e ofendê-los. P.R.E. de 30 anos, e E.H.S. de 39, também foram para cima dos militares e os empurraram e acabaram presos.

Na condução dos brigões para o camburão J.S.C. de 18 anos, e L.S.V.C. de 20, jogaram copo com cerveja nos PMs e por isso foram presas.

Os sete detidos foram encaminhados à Central de Flagrantes para serem tomadas as medidas cabíveis.

Veja o vídeo 

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 10 de dezembro de 2019 às 19:29:06