https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/01/ATOLEIRO.jpg

EM SORRISO

Atoleiros em estrada de Sorriso prejudicam retirada da safra e secretário pede ajuda dos agricultores

SÓ NOTÍCIAS/DAVID MURBA/LUCAS TORRES
redacao@matogrossomais.com.br

Só Notícias/Lucas Torres/Assessoria

A intensa chuva que caiu entre a sexta-feira e o final de semana em Sorriso, deixou diversos pontos críticos nas estradas vicinais do município.

Uma das mais prejudicadas foi da comunidade Pontal do Verde, onde está tendo tráfego intenso com escoamento da safra de soja.

Diversos pontos de atoleiro se formaram prejudicando o trânsito.

A secretaria teve que encaminhar maquinários para ajudar na travessia dos motoristas que não conseguiram fazer a passagem.

Segundo o secretário de Transportes Leonir Capitâneo, os reparos já estão sendo providenciados, entretanto, há falta de cascalho para recuperação da estrada.

O secretário apelou aos agricultores da região para que cedam o material e colocou à disposição a mão de obra e os maquinários para realizar os trabalhos. “A prefeitura continua fazendo a manutenção, é um dos trechos dentro do nosso município onde o trânsito é muito pesado.

Sexta-feira a gente estava prevendo que se chovesse muito iriamos ter problemas, mas já estávamos prontos para recuperar”, disse.

“Um dos grandes problemas nosso que estava acontecendo ali, o município sempre esteve disponível, mas temos uma falta de cascalho e precisamos da colaboração dos agricultores, que nos ajudem.

Ontem, só recuperamos um pedaço da estrada que estava ruim porque puxamos cascalho a mais de 30 quilômetros. Ano passado, foi cascalhado de ponta a ponta, está com um ano que foi feito. Infelizmente o trânsito é pesado e veio a acontecer isso de atrapalhar e trancar a estrada.

Hoje, nossa equipe está lá no barreiro terminando um serviço”, afirmou Capitâneo.

O coordenador de Proteção e Defesa Civil no município, Fábio dos Santos , expôs que “na sexta-feira fui até a ponte da MT-560, que é do Pontal do Verde, na volta já estava entre nós três pontos (atoleiro).

No sábado, nos reunimos e falei a respeito desse ponto que infelizmente pelo alto volume de chuva causou esse transtorno. Nós já vínhamos monitorando e estávamos a par da situação.

O mais importante para nós hoje é cascalho, uma vez que tenha cascalho vamos conseguir nos antecipar e fazer um pavimento. A estrutura física do nosso solo é muito complicada, é um ‘areião’ não temos composição boa.

Então, vamos nos unir. Agricultores temos equipes de pronto, maquinários e precisamos do cascalho. Tendo cascalho poderíamos ter até antecipado, talvez não aconteceria isso.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 27 de janeiro de 2020 às 18:10:17