https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/04/IMG_0248-e1568670480738.jpg

ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Prefeitos e vices são lançados como apostas do PSB nas pré-candidaturas

Mato Grosso Mais

Max Russi fala sobre Auto da Paixão de Cristo. Foto: Mato Grosso Mais

O Partido Socialista Brasileiro em Mato Grosso – PSB/MT, sob a presidência do deputado estadual Max Russi, já contabiliza dezenas de pré-candidaturas a prefeito no Estado para as próximas eleições municipais.

A sigla, que está se organizando para lançar pelo menos 80 candidatos à majoritária e chapa de vereadores em mais de 100 municípios, tem realizado filiações e agregado importantes nomes, aprovados pela opinião pública em suas regiões.

Entre os nomes definidos, cinco vão disputar a reeleição. É o caso do prefeito Gustavo Melo, de Alto Araguaia e Valdir Pereira, de Nova Bandeirantes. Ambos foram eleitos em 2016 pelo partido socialista e continuam defendendo a sigla.

Já os prefeitos de Araguaiana, Getúlio Dutra, e de Curvelândia, Sidinei Custódio, migraram para o PSB e também vão lançar os nomes na disputa para um segundo mandato. Getúlio, inclusive, já desponta como favorito para o pleito deste ano no município, marcando mais de 76% das intenções de voto, conforme pesquisa publicada no fim do ano passado.

Marcelo Aquino, prefeito de General Carneiro, que também aderiu ao projeto socialista depois das eleições de 2016, completa a lista dos pré-candidatos à reeleição.

Além dos prefeitos, três vice-prefeitos já têm os nomes costurados para a disputa à majoritária. Em Cáceres, Eliene Liberato, migrou para o PSB em outubro do ano passado, em ato que contou com a presença do presidente do PSB Nacional, Carlos Siqueira.

Em Bom Jesus do Araguaia e Planalto da Serra, o PSB, deve ser representado no pleito eleitoral pelos vice-prefeitos Marcilei Alves, popular “Mansão” e Zilda Hipólito, respectivamente.

Para o presidente da sigla no Estado, deputado Max Russi, esses nomes fortalecem o PSB, pois já carregam a experiência de gestão e têm suas ações aprovadas pela sociedade.

“São nomes que foram eleitos pelo PSB ou migraram posteriormente por entenderem a filosofia e o perfil do partido socialista, além de já trazerem consigo a experiência do poder executivo e as necessidades de cada município. Com certeza, o PSB sairá ainda mais fortalecido nessas eleições”, finalizou.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 11 de fevereiro de 2020 às 21:27:41
  • 11 de fevereiro de 2020 às 21:00:34