https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/02/Sem-título-3.png

CASA DOS H...

Saad 'acaba' com Abílio e diz que vai processá-lo criminalmente após ser acusado de corrupto

Câmara de Cuiabá

O vereador Ricardo Saad (PSDB) acabou com o seu colega parlamentar Abílio Jr Brunini (PSC), em seu discurso de resposta, na manhã desta quinta-feira (13), na tribuna da Câmara Municipal de Cuiabá.

Saad, que é o relator do processo de cassação de Abílio, disse que vai entrar na justiça criminal contra ele, e o chamou ainda de enrustido e desrespeitoso.

O tucano tomou a palavra após receber uma rajada de críticas do socialista cristão. “Esse grupo representa os piores vereadores de Cuiabá. E a maioria corrupta, contra a minoria. Se o Abílio for cassado, os corruptos vencem”, disse Abílio, nesta manhã na tribuna.

“Uma coisa eu posso te afirmar vereador Abílio, eu não sou corrupto. As pessoas que eu ajudo, elas vêm referenciadas, eu não furo fila, eu não sou igual ao senhor, enrustido, entendeu? Eu não me escondo atrás do meu avô, de quem quer que seja da igreja, eu sou o doutor Ricardo Saad, médico”, respondeu o vereador.

Com mais de cinco minutos rebatendo as colocações de Brunini, Saad não deixou de taxar o colega como doente e lembrou de um projeto de lei, de sua autoria, em que antes de tomar posse, o candidato tem que passar por teste psicológico.

“Desde a hora que eu entrei aqui neste plenário, o senhor está me ameaçando. É esse o seu perfil, quando eu fiz esse projeto aqui, e espero que seja aprovado, todo o vereador tem que passar por psiquiatra, é verdade, eu não concordo com a sua atitude, e enxergo que o senhor é uma pessoa doente, essa é a verdade”, diagnosticou o parlamentar.

Exaltado, Ricardo Saad falou que vai processar Abílio. “Tenho 70 anos de idade, e gostaria que o senhor respeitasse isso, nem isso, o senhor respeita, não respeita o seu avô, não respeita ninguém, não respeita sua igreja. Agora não venha me chamar de corrupto, eu vou judicializar o senhor hoje, vou entrar na justiça criminal contra o senhor, e o senhor vai ter que provar que eu sou corrupto”.

E para finalizar o enredo, e terminar de pisar em cima do seu colega parlamentar, Saad disse que toda a culpa é de próprio acusado, que não serve para ser político.

“O senhor é um afronta para essa Casa, eu não queria tirar o senhor, eu fiz minha parte, de uma coisa que chegou na minha mão, quem me colocou na Comissão de Ética foi você, cara. Você fez um discurso antes de nós irmos para sessão da terça-feira me elogiando, e hoje o senhor quer me matar, não entendo, cara, pense bem no que o senhor está fazendo, por que você só está ganhando descredito, eu não estou contra o senhor, só que o senhor tem que aprender uma coisa, ser político, e isso o senhor não é”, finalizou.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 14 de fevereiro de 2020 às 14:29:29
  • 14 de fevereiro de 2020 às 12:19:47