Governo de MT - MT Mais Social - Setembro

RELAÇÕES PERIGOSAS

Homem é preso por tentar sequestrar criança duas vezes e estuprar a própria avó

DA REDAÇÃO / MATO GROSSO MAIS
[email protected]

Homem que foi preso em flagrante ao tentar estuprar uma vizinha de 2 anos de idade, na última semana, confessou o crime e, inclusive, que já foi preso por agredir outra criança da vizinhança.

E disse ainda que já tentou abusar sexualmente da sua própria avó, e só não consumou o ato, porque ela resistiu, por isso, a espancou.

Na quinta-feira (19), o suspeito de 24 anos, invadiu pela primeira vez a casa da vizinha, no bairro Jardim Antônio Dias, em Cuiabá.

Pela manhã, a menina estava sozinha no quarto quando viu o acusado. A mãe relata que ouviu a filha gritando “olha ele mamãe, olha ele mamãe”. Ela ordenou que ele saísse da casa e ele fugiu correndo.

No período da tarde, o suspeito retornou. A mãe relatou que arrumava o guarda-roupa e, ao se virar, se deparou com o acusado, com um pano na mão, levando ao rosto da criança, como se quisesse “sufocá-la ou silenciá-la”.

A mulher gritou, chamando seu esposo e a sogra, momento que o acusado fugiu entrando em um matagal. Moradores da região passaram a perseguir o meliante e a Polícia Militar foi acionada.

Uma equipe da PM chegou ao local, mas, no primeiro momento, não conseguiu localizar o acusado. Buscas começaram a ser feitas quando o suspeito foi avistado, no bairro Monte Líbano, onde acabou preso.

Durante audiência de custódia, a juíza Ana Graziela Vaz de Campos Alves Corrêa, enfatizou a gravidade do delito, além dos outros crimes confessados, como agressão a outra criança e tentativa de estuprar a própria avó.

A magistrada enfatiza que em liberdade, é provável que voltará a tentar contra a vítima ou qualquer outra criança, ou mulher que dele se aproxime.

“Já que tentou violentar sexualmente até mesmo sua avó, demonstra a necessidade de sua segregação cautelar para a garantia da ordem pública”.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *