https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/03/288967-onibus-lilas.jpg

COMBATE À VIOLÊNCIA

Setasc leva Ônibus Lilás a 26 municípios de Mato Grosso

Jana Pessôa/Setasc-MT

Em 2020, o Ônibus Lilás da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT) percorrerá 26 municípios do estado de Mato Grosso.

A ação faz parte do Programa Ser Mulher e atua no combate à violência contra as mulheres.

O primeiro município será Poconé (a 13 km de Cuiabá). O programa atenderá as mulheres da região, entre os dias 16 e 20 de março.

Já no município de Santo Antônio do Leverger, o ônibus irá passar nos dias 23 a 27 de março, de onde segue para a cidade de Nossa Senhora de Livramento, no período entre os dias 30 de março e 03 de abril.

No mês de maio, o itinerário passará por Sorriso, entre os dias 04 a 08; Araputanga, de 18 a 22; em Santa Rita do Trivelato, de 04 a 08; e Santa Teresinha, de 18 a 22.

Em junho, a ação atenderá os municípios de Barra do Garças (01 a 05), Confresa (15 a 19), São José do Xingu (22 a 26), Santa Carmem (01 a 05), Matupá (15 a 19) e Novo Mundo (22 a 26).

Em julho o programa passará nos municípios de Vera e Nova Xavantina entre os dias 06 e 10, Rio Branco de 21 a 24, Juara 27 a 31.

No mês de agosto serão os municípios de Nova Marilândia de 10 a 14 e Nova Maringá de 24 a 28.

Em setembro, Porto Estrela, entre os dias 31 de agosto a 04 de setembro e Porto dos Gaúchos de 14 a 18.

Nos últimos meses, o ônibus percorrerá sete municípios, entre eles: Primavera do Leste entre os dias 28 de setembro e 02 de outubro, Tabaporã de 05 a 09 de outubro, e Juína de 19 a 23 de outubro.

Em novembro, serão contemplados os municípios de Marcelândia (09 a 13) e Paranaíta (23 a 27).

Para finalizar o ano, em dezembro, os municípios visitados serão Nova Guarita de 30 de novembro a 04 de dezembro e Reserva do Cabaçal de 14 a 18.

A secretária adjunta de Direitos Humanos da Setasc, Salete Morockoski, ressalta a importância de ampliar o trabalho no Estado.

“O Ônibus Lilás oferece um acolhimento para as vítimas e informações necessárias para o combate a violência. A intenção é alcançar as mulheres que moram no campo, com apoio em atendimentos psicossociais e jurídicos de forma gratuita”, completou.

Serviços

Pintados na cor lilás, os veículos são equipados com salas fechadas para garantir privacidade às mulheres, com modelo de atendimento multidisciplinar com assistência psicossocial e jurídica para as vítimas de violência.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 10 de março de 2020 às 18:40:27