https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/12/8878_0_gr-e1500661040685.jpg

POR PRECAUÇÃO

Unimed suspende Assembleias e eleição do Conselho Fiscal

Divulgação

Como medida preventiva, para evitar aglomerações e uma possível disseminação do Coronavírus, a Diretoria Executiva da Unimed Cuiabá informa decidiu pela suspensão da Assembleia Geral Ordinária (AGO) e Assembleia Geral Extraordinária (AGE), previstas para o dia 21 de março e da eleição do Conselho Fiscal da Cooperativa, marcada para 20 de março. “A Unimed Cuiabá está seguindo os protocolos do Ministério da Saúde e, especialmente, cumprindo recomendação da OCB – Organização das Cooperativas do Brasil e da Unimed do Brasil”, explicou o diretor-presidente, o médico patologista Rubens Carlos de Oliveira Jr.

O cancelamento das atividades faz parte de uma série de medidas adotadas pela cooperativa médica e divulgadas desde o início da semana em nota oficial à imprensa, aos cooperados, clientes e colaboradores. Entre as providências, foram suspensas as atividades dos programas de saúde do Viver Bem – Núcleo de Medicina Preventiva da Unimed Cuiabá destinados a beneficiários idosos, gestantes e portadores de doenças crônicas.

A Unimed Cuiabá implantou diversos protocolos de segurança e atendimento aos casos suspeitos e prováveis de Coronavírus em suas unidades de saúde. Os setores de Fisioterapia, Clínicas (Psicologia, Fonoaudiologia e Nutrição) e Saúde Ocupacional dispensaram idosos e gestantes das atividades.

Além disso, a Cooperativa disponibilizou para seus clientes um canal de atendimento remoto exclusivo, o SOS Unimed, pelo telefone 0800 772 3772. A orientação geral é que os clientes evitem procurar o Pronto Atendimento ou a sede administrativa para evitar aglomerações e exposição a maiores riscos. Ontem, a Cooperativa distribuiu recomendação aos gestores para implantação de trabalho em “home office” para o máximo de equipes possível.

“Criamos o SOS Unimed para atender e orientar todos os beneficiários com qualquer sintoma, relacionado ao Coronavírus ou não, para que só procure o atendimento presencial quem realmente precisa. Estamos centrando esforços no atendimento aos casos suspeitos e às Urgência e Emergência. Todos os atendimentos eletivos devem ser reavaliados. O momento exige a colaboração de todos, pois tudo o que fizermos antes de um boom de contaminação pode parecer exagero, mas tudo o que fizermos depois será insuficiente. A prevenção é a melhor de combater esta pandemia”, concluiu o diretor-presidente da Cooperativa.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 18 de março de 2020 às 18:52:59