https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/03/pce.jpg

OFICIAL

Unidades penais seguem protocolo e não possuem casos de coronavírus

Christiano Antonucci/Secom-MT

O Sistema Penitenciário de Mato Grosso não possui caso suspeito nem confirmado de contaminação pelo coronavírus (COVID-19). Nesta terça-feira (24.03), circularam suposições referentes à Penitenciária Central do Estado (PCE), que alguns veículos de comunicação propagaram como casos suspeitos. A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) volta a afirmar que as informações não procedem.

No caso da PCE, um reeducando, de 24 anos de idade, que já faz tratamento para rinite alérgica, apresentou também sintomas de gripe comum. Como medida de prevenção, ele foi isolado de outros dois com os quais dividia espaço, para evitar que também fiquem gripados. Além disso, foi feita coleta de material para exame, mas por excesso de zelo, já que o recuperando não apresenta qualquer sintoma do COVID-19, como falta de ar ou febre, por exemplo.

Este é o segundo caso em dois dias que a Sesp-MT vem a público esclarecer, por conta de disseminação de informações não oficiais. O secretário adjunto de Administração Penitenciária, Emanoel Flores, ressalta que caso haja confirmação de qualquer caso em unidades penais do Estado, será tratado de forma transparente e que é preciso agir com responsabilidade.

“Divulgar um caso como este, sem a confirmação oficial das autoridades, pode causar graves danos, principalmente aos familiares dos reeducandos e dentro da própria unidade”, alerta.

No início desta semana, a Secretaria teve que desmentir o caso de uma reeducanda da Cadeia Feminina de Rondonópolis (218 km ao Sul de Cuiabá), de 62 anos de idade. Ela, que tem a determinação judicial para realizar a visita familiar extramuros, teve contato há cerca de 15 dias com uma sobrinha que veio dos Estados Unidos para fazer uma cirurgia em Mato Grosso.

A família foi acompanhada por médicos e nenhum dos familiares apresentaram qualquer sintoma de coronavírus. Contudo, por uma questão de zelo e prevenção, mesmo assintomática, a recuperanda foi colocada em isolamento e permaneceu sem qualquer sintoma de coronavírus, gripe ou resfriado. Nesta segunda-feira (23.03) ela saiu da quarentena.

Mesmo assim, foi criado alarde em torno da situação. A Sesp-MT pede aos veículos de comunicação de Mato Grosso que entrem em contato com os órgãos de saúde pública e com a própria Sesp para chegar as informações, antes de divulgá-las. No caso de redes sociais, solicita aos usuários que não repassem informações falsas ou sem confirmação oficial do Governo de Mato Grosso.

Assim como todas as demais unidades da federação, O Executivo segue protocolo do Ministério da Saúde para registro de casos suspeitos de coronavírus. “Também é importante reforçar que redobramos os procedimentos e atendimentos em saúde, portanto, não há motivo para pânico”, acrescenta o secretário adjunto.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 25 de março de 2020 às 19:42:24