https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/03/Natação-Ahmad-Jarrah-4.jpg

EQUILIBRIO

Prática de atividades físicas ajuda a fortalecer o sistema imunológico

Ahmad Jarrah

Em tempos de pandemia do coronavírus, a recomendação é ficar em casa. As medidas restritivas de isolamento estão sendo adotadas em todo o país, inclusive em Mato Grosso que mantém a proibição de funcionamento de parques públicos e privados, academias, ginásios esportivos e campos de futebol.

A restrição de acesso a esses locais de prática de atividades físicas pretende prevenir a propagação da Covid-19, já que são espaços de possível concentração de pessoas e muitas vezes de compartilhamento de equipamentos e que não possuem muita ventilação, no caso das academias.

Neste momento, o ideal é se afastar dos treinos e da rotina de exercícios nesses locais.

Mas isso não quer dizer que a população dever ficar parada. Praticar exercícios físicos é importante nesse período de quarentena e de isolamento social, seja para manter o condicionamento físico, espantar a preguiça ou afastar os sentimentos negativos como o medo e a ansiedade.

Outra vantagem da prática de atividades físicas é o fortalecimento do sistema imunológico, essencial para se prevenir e proteger de doenças.

No entanto, é também necessário equilíbrio e moderação para que os exercícios, mesmo feitos em casa, não tenham um efeito contrário e diminuam a imunidade. Sobre isso, o secretário adjunto de Esportes e Lazer da Secel, Jefferson Carvalho Neves, traz algumas orientações e informações teóricas numa série de vídeos divulgados na rede social (link aqui) que podem ser aproveitadas pela população em geral.

“É muito importante saber como se manter saudável, especialmente agora para ajudar a não sobrecarregar o sistema de saúde. A intensidade e a duração do treino são as chaves para dizer se o sistema imunológico vai ser beneficiado ou não com a atividade. É preciso ficar atento às individualidades”, esclarece Jefferson.

Além de educador físico, o secretário adjunto é especialista em esporte de alto rendimento,  membro da academia Brasileira de Treinadores do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e foi treinador de algumas seleções brasileiras de natação, incluindo a Olímpica de 2012.

Em sua experiência nas áreas de treinamento desportivo, Jefferson Carvalho sempre esteve atento aos estudos sobre a análise fisiológica dos atletas, buscando saber o momento de intensificação de treinos ou de recuperação.

De acordo com seus estudos, há alguns sintomas que o organismo apresenta para alertar sobre os desgastes físicos, geralmente nos órgãos do trato respiratório superior, como ouvido, nariz e garganta.

“Sintomas como coriza, garganta arranhando e desconforto nasal são sinais de seu sistema imunológico dizendo que você excedeu um pouco, que precisa de recuperação ou de alimentação mais eficiente. Não é hora de intensificar os treinos, a dica é descanso, hidratação e alimentação até esses sintomas passarem”, diz.

No gráfico com a média de complicações no trato respiratório dos atletas em geral, Jefferson Carvalho mostra que a execução de atividades físicas de intensidade moderada, ou seja na intensidade adequada para o próprio organismo, a ocorrência de infecções  diminui.  Já quando os treinos são feitos acima daquilo que o atleta suporta, há uma subida na linha das complicações do sistema respiratório.

Divulgação

“Um estilo de vida saudável com prática de atividades físicas é fundamental para prevenir doenças. O importante é se manter ativo de forma equilibrada para deixar sistema imunológico mais forte”, defende Jefferson.

Divulgação

Há vários aplicativos, sites, vídeos e lives em redes sociais como Instagram e Facebook com dicas de exercícios físicos para fazer na própria residência. Uma das iniciativas é do MT Mais Saudável desenvolvido pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).

O projeto, que oferecia aulas gratuitas de ginástica no entorno da Arena Pantanal, está agora levando dicas de treinos fáceis e simples para fazer em casa por meio da rede social (link aqui).

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 30 de março de 2020 às 20:42:17
  • 30 de março de 2020 às 20:40:27