https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/04/prefeitura1_1_1_2.jpg

PREJUÍZO DE R$ 4 MILHÕES

Prefeitura de Rondonópolis cai em golpe e compra respiradores falsos

Reprodução

A Secretaria Municipal de Saúde de Rondonópolis alega que a Prefeitura Municipal sofreu um golpe de estelionatários que causou um prejuízo aos cofres públicos de R$ 4 milhões. A secretária Izalba Albuquerque, registrou um boletim de ocorrência nesta quarta-feira (22), denunciando o golpe.

Esse recurso de R$ 4 milhões foi usado para a compra de 22 respiradores pulmonar, sem licitação, situação permitida devido ao estado de pandemia, só que ao chegar na cidade foi descoberto que eram falsificados.

Conforme o BO, o pagamento ficou acertado que iria ocorrer na hora da entrega, à primeira vista, parecia que eram os equipamentos corretos, por isso foi feito o depósito em duas vezes referente ao valor combinado. Ao chegar no município descobriram que os respiradores eram falsificados.

A secretária de Saúde pediu a devolução do dinheiro e registrou o Boletim para que medidas sejam tomadas no bloqueio do dinheiro depositado.

O golpe 

Após a pesquisa de preço, os aparelhos foram adquiridos da empresa ‘Life Med Comercio de Produtos Hospitalares e Medicamentos EI’, localizada em Palmas – TO.

Só que a entrega dos equipamentos foi feita em Goiânia – GO, onde um funcionário da Secretaria Municipal de Saúde de Rondonópolis foi até a cidade, conferiu e trouxe a mercadoria até Rondonópolis.

“Ele abriu as caixas, antes de fazer o carregamento em Goiânia, tirou uma foto e enviou para a equipe de Saúde em Rondonópolis e que pelos adesivos demonstravam que se tratavam de aparelhos pulmonar”, disse a secretária no depoimento a Polícia.

Uma pessoa identificada como representante da empresa, Ramos de Farias e Silva, foi comunicado da fraude e em seguida entrou em contato com a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde estavam os ‘respiradores’ e pediu que ninguém fizesse a instalação até a chegada deles que seria no dia 4 de abril. Também afirmaram que tomariam providências, só que não deram uma data específica para tal.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 24 de abril de 2020 às 15:44:30
  • 24 de abril de 2020 às 15:41:54