https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/05/WhatsApp-Image-2020-05-13-at-07.38.29.jpeg

VEJA O VÍDEO

Passando dificuldades motoristas de vans fazem protesto na Prefeitura

Desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira (13) os motoristas de vans escolares tanto da capital quanto de Várzea Grande, se uniram na frente da Prefeitura de Cuiabá para solicitar um apoio a categoria que agora passa necessidades. Por conta de não estarem trabalhando, nem transportando crianças, os motoristas tiveram suas rendas comprometidas.

A falta de serviço preocupa os motoristas, uma vez que os mesmos não possuem um salário fixo, dependendo unicamente dos alunos. Que por conta da pandemia não estão tendo aula presenciais estudando em casa.

A manifestação percorreu alguns pontos da cidade como a Avenida do CPA com buzinaços chamando a atenção de quem estava na rua.

VOLTA ÀS AULAS

Alterando o que estava previsto em decreto, as aulas presenciais em Cuiabá que voltariam neste dia 18, próxima segunda-feira, foi descartado. As entidades de fiscalização e escolares, envolvidas na avaliação do retorno, suspenderam o calendário nessa terça-feira (12).

Com o aumento de casos de COVID-19 em todo o Estado, os possíveis novos aumento nas próximas semanas forçaram a suspensão.

A reunião virtual ocorreu no início da noite da segunda (11), com representantes do Ministério Público (MPE), Ministério Público do Trabalho (MPT), da Prefeitura de Cuiabá e do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de Mato Grosso (Sinep).

A reunião encerrou-se sem nenhum acordo sobre a melhor data para retornem as aulas. O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) cogita o dia 28 de junho. Já o presidente do Sinep, Gelson Menegatti Filho, quer um novo prolongamento do isolamento social menor em 1º de junho.

VEJA O VÍDEO:

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 13 de maio de 2020 às 17:40:04