https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/06/S-2.jpg

ANTIGO

Argentina desmente vídeo de árvore coberta por gafanhotos

Reprodução

O Serviço Nacional de Segurança e Qualidade Alimentar (Senasa) da Argentina informou nesta quarta-feira, 24, que o vídeo que circula nas redes sociais, onde uma pessoa tem que usar uma pá para retirar diversos gafanhotos em uma árvore, não é atual.

Em postagem no Twitter, o órgão argentino explica que a imagem circula em grupos de WhatsApp e redes sociais é de 2018 e se trata da tropidacris collaris, espécie diferente da schistocerca cancellata, que passou por lavouras da Argentina e se aproxima do Brasil e Uruguai.

https://twitter.com/SenasaAR/status/1275950120266354689

Nesta quarta, 24, o Senasa havia informado que as equipes estavam trabalhando para detectar a localização da nuvem de gafanhotos na província de Corrientes.

“Com dia nublado e temperaturas mais baixas, o movimento da nuvem ainda não foi registrado”, disse.

A última atualização do Senasa indica que os insetos estão atualmente na província de corrientes e se aproximam da fronteira oeste do Rio Grande do Sul.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 25 de junho de 2020 às 17:46:38
  • 25 de junho de 2020 às 17:44:25