https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/06/555-1.png

MORTE EM EDIFÍCIO

Tínhamos tantos planos, diz namorado de rapaz que morreu de Covid

“Só Deus sabe a dor que estou sentindo agora”. O desabafo é de Weder Campos, namorado de Willian Neder Coener Junior, 23 anos, que morreu no último domingo (28), em um apartamento no edifício Beverly Hills, bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá.

Ambos estavam lutando contra o novo coronavírus. Devido a situação, o casal não poderá se despedir já que em casos como este o corpo não pode ser velado. Além disto, como o companheiro também está infectado, precisa estar em quarentena.

“Tínhamos tantos planos juntos, pra sempre eu prometo que vou te amar! Você me ensinou o verdadeiro sentido do amor… Obrigado por tudo, olhe sempre por mim, cuida de mim onde quer que você esteja”, disse Weder em publicação emocionada no Facebook, em meio a fotos do casal.

O companheiro ainda lembrou dos planos que os dois tinham juntos, como comprar um apartamento, ter um carro e adotar duas crianças. “Prometo nunca me esquecer de quem você foi e ainda é pra mim”, exclamou.

“Só Deus sabe a dor que estou sentindo, meu eterno amor, meu hino nacional, meu tudo! Eu espero que eu possa ter sido o que você procurava, mais uma vez olha por mim, cuida de tudo por aí! Eu vou sentir sua falta para sempre, como as estrelas sentem a falta do sol nos céus da manhã”, continuou em sua postagem.

Em outra postagem, feita na manhã de domingo, após a morte ser confirmada, Weder se mostrava incrédulo: “Por favor, me diz que é mentira, que você tá me esperando em casa” publicou, junto com uma foto dos dois.

Weder está internado no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC), onde continua seu tratamento contra o coronavírus. No dia 22 de junho, ele havia relatado que estava fazendo uso de oxigênio e alertou aos amigos que a doença não é brincadeira.

Willian era consultor de beleza e nasceu em Casa Branca (SP). Segundo a Prefeitura de Cuiabá, como ele não estava internado, o corpo foi encaminahdo ao Serviço de Verificação de Óbito (SVO).

A Vigilância Sanitária foi informada da morte, que deverá entrar no boletim divulgado nesta segunda-feira (29). O protocolo para o sepultamento segue o recomendado pelo Ministério da Saúde. Sendo assim, incluindo óbitos suspeitos, os enterros são realizados sem velório.

O caso

O jovem, que também teria sido infectado pelo novo coronavírus morreu no apartamento em que morava com a família, no edifício Beverly Hills, bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá, na manhã deste domingo (28).

O atendimento, a princípio, foi feito por uma equipe da Polícia Militar, acionada por vizinhos, que ouviram os gritos de desespero dos familiares do rapaz, que teve uma crise e ficou inconsciente.

Conforme o oficial de dia, os familiares relataram que o jovem de apenas 23 anos de idade estava contaminado com o coronavírus e que havia passado mal.

Sem poder entrar no apartamento, os militares acionaram uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que ao chegar no local, já encontrou o rapaz em óbito.

O seu corpo foi retirado do apartamento em um caixão fechado. Moradores dos prédios nos arredores conseguiram filmar o momento da ação policial e dos socorristas.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 29 de junho de 2020 às 19:42:18