https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/01/c6631162780ef14205a176ac78dbfa93.jpg

DENÚNCIAS DE RETALIAÇÃO

Secretaria de Saúde esclarece sobre representação do MPF

SECRETARIA DE INOVAÇÃO E COMUNICAÇÃO
redacao@matogrossomais.com.br

SICOM

Sobre a representação do Ministério Publico Federal, a Secretaria de Saúde esclarece que:

– A gestão Municipal trabalha com princípio da transparência e respeito aos servidores e todas as denúncias sobre supostas retaliações serão investigadas e, caso confirmadas, serão punidas no rigor da lei.

– No caso da médica Maragareth Mendonça, a servidora precisou ser transferida para o Hospital Municipal de Cuiabá- HMC, considerando que o Hospital Referência (antigo PS) já não possui internação infantil que justifique a  lotação da referida equipe na local. Oportuno esclarecer que o HMC tem acolhido pacientes não Covid-19 de todo o Estado de Mato Grosso.

– Com relação aos respiradores das UTIs pediátricas, a situação de colapso do sistema de Saúde no Estado Inteiro, fez com que houvesse a necessidade de fazer empréstimos dos mesmos para atendimentos de urgência – visando salvar a vida de pacientes adultos acometidos por Covid-19. Até às 12h desta quarta-feira (01), 56 pessoas estavam aguardando UTI adulta em estados gravíssimos. Os respiradores já foram devolvidos.

– Cabe destacar que, Cuiabá recebeu mais 20 leitos – viabilizados por intermédio do deputado federal, Emanuel Pinheiro Neto junto ao Ministério da Saúde.

– Com eles, 20 novos leitos foram montados, mas ainda não foram postos em funcionamento pela ausência de bomba de infusão. O prefeito Emanuel Pinheiro chegou a fazer um apelo para conseguir os equipamentos, mas ainda não obteve êxito na busca pela a aquisição dos utensílios.

– A força-tarefa do deputado federal junto ao governo federal viabilizou mais 20 respiradores que devem chegar nesta semana.

– Com eles Cuiabá passará a contar com mais 40 leitos chegando ao total de 135 UTIs Covid-19, incluindo os 40 do São Benedito.

– Sobre a falta de medicamentos, o cenário é nacional e não exclusivo de Cuiabá/Hospital Referência. A pandemia fez com que todo  o país enfrente dificuldades para fazer a aquisição de medicamentos. Entretanto, cabe ressaltar que  os medicamentos estão sendo substituídos por outros que possuem os mesmos princípios ativos, sem oferecer qualquer dano à saúde dos pacientes.

– Por fim, a Secretaria de Saúde está à disposição do referido órgão, bem como de qualquer outro para prestar os devidos esclarecimentos à cerca dos fatos pontuados.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *