https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/08/ff0a9e44a1cd18db565b2afd4ed859d8.jpg

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

“Conversei com o presidente Bezerra e ele entendeu que não posso apoiar ninguém”, diz Emanuel

Gilberto Leite/RD News

Com a aproximação das eleições municipais, e as articulações para o pleito, o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB), não quer apoiar ninguém para a disputal suplementar ao senado, que vai ocorrer concomitantemente juntos com a possibilidade de reeleição do emedebista.

De acordo com Emanuel, ele solicitou à direção estadual do MDB, sua liberação para não apoiar nenhum candidato à eleição suplementar ao Senado. “Conversei com o presidente Bezerra e ele entendeu que não posso apoiar ninguém, até manter o nosso grupo unido em Cuiabá”, disse.

Segundo Emanuel, o pedido foi acatado pelo presidente da sigla, o deputado federal Carlos Bezerra (MDB). O prefeito alega que não pode colocar sua gestão e Cuiabá no meio desta disputa, já que o seu grupo de apoio possui mais de 10 partidos.

“É uma eleição inédita e importante, mas não posso expor Cuiabá no meio disso. Três ou 4 partidos do meu grupo político terão candidatura própria ao Senado. Então decidi não apoiar ninguém e liberar os aliados”.

Emanuel tem recebido apoio do MDB nacional em suas demandas em Brasília. Em contrapartida, a sigla espera que ele dispute a reeleição.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 24 de agosto de 2020 às 19:46:54
  • 24 de agosto de 2020 às 19:44:19