https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/09/36953d489c10ccea9206d6e4449b69995f4fc530b9ede.jpg

ATAQUES DE COBRA

Faissal sugere intervenção do Estado a Saúde por mais soro antiofídico para MT

FABLICIO RODRIGUES / ALMT

O deputado estadual Faissal Calil (PV) usou a tribuna na sessão plenária de quarta-feira (2), na Assembleia Legislativa,  para apresentar a Indicação nº 3839/2020 que sugere ao governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES),  intervir junto ao Ministério da Saúde (MS) sobre o aumento no repasse de soro antiofídico ao estado.

Uma cópia da indicação foi encaminhada ao governador Mauro Mendes e ao secretário Gilberto Figueiredo (SES) para  as devidas providências.

“Estou fazendo essa indicação para esta Casa de Leis para que envie ao Ministério da Saúde um pedido de aumento no fornecimento de soro antiofídico.  No final de semana, soubemos que um senhor chamado Giovane, da cidade de Denise, foi picado por uma cobra jararaca e infelizmente veio a óbito. Antes disso, ele procurou o atendimento nos hospitais do município, como o Hospital Regional de Barra do Bugres, mas não foi atendido porque o local estava fechado para a reforma”, justificou o parlamentar na tribuna, se referindo ao cidadão que morreu no interior.

De acordo com o deputado, o soro antiofídico é um medicamento para tratar picada de cobras venenosas, sendo a única terapia efetiva para tratamento desse tipo de envenenamento.

 Faissal ainda justificou a indicação com dados divulgados pela SES.  “O estoque de soro antiofídico recebido por Mato Grosso está 70% abaixo do necessário.  O governo solicita 100% de estoque para atender todo o estado, mas tem recebido somente 30% da necessidade”, concluiu.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *