https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2020/10/WhatsApp-Image-2020-10-16-at-11.57.49.jpeg

VAGA NO SENADO

Prima de Pedro Taques apoia Leitão e diz que ele é mais preparado

Reprodução

O candidato ao Senado Nilson Leitão (PSDB), que encabeça a chapa “Mato Grosso por Inteiro”, recebeu o apoio da jovem advogada Haveny Metello Taques, prima do ex-governador e candidato a senador pelo Solidariedade, Pedro Taques. Para Haveny, que é filiada ao DEM e acaba de assumir a coordenadoria da juventude da coligação, Leitão é o candidato mais preparado para ocupar a cadeira no Senado Federal.

“Leitão é o mais preparado para Mato Grosso, sua história é prova disso. Precisamos de pessoas experientes e que conheçam de verdade o nosso estado para esse cargo de representação, e sei que o Nilson é o “cara”. Pela sua atuação, temos a certeza do seu comprometimento com o setor produtivo, sei que vai fazer por Mato Grosso o que fez por Sinop! Eu acredito nele e por isso aceitei assumir a coordenação da juventude na campanha. Apoiar o Leitão é uma questão suprapartidária, quero um estado melhor e isso está acima de siglas. Quero um senador que fale por mim, pelo produtor rural, pelo empresário, comerciante e pelo jovem, e o Nilson representa isso”, afirmou.

Sobre a gestão de seu primo Pedro Taques no Executivo Estadual, Haveny avaliou de forma negativa. “Penso que ficar olhando para o passado, de olho no retrovisor, fez com que ele não olhasse para o futuro. O reflexo disso está aí: numa máquina inchada e cheia de desafios para retomar o equilíbrio nas contas públicas, isso fez com que todo setor produtivo fosse penalizado”, sustentou.

Haveny ainda ressaltou a importância do protagonismo de Nilson Leitão à frente do processo de impeachment da ex-presidente do PT, Dilma Rousseff e defendeu a sua representatividade junto ao setor produtivo mato-grossense para integrar e diminuir as desigualdades regionais.

“Quero que Nilson Leitão traga dignidade e mais oportunidades ao povo mato-grossense. Nosso estado é responsável pelo equilíbrio da balança comercial, somos o estado que mais produz e um dos que menos recebem pelo serviço que presta ao Brasil. Lá atrás o Nilson teve uma postura que fez com que outros parlamentares se encorajassem ao impeachment, e isso abriu o caminho para a mudança de rumo do país. Isso foi muito importante e corajoso da parte dele. Por isso acredito que Leitão está preparado para ser o nosso senador e unir todas as regiões, até porque ele tem o apoio dos outros dois senadores e isso mostra a consonância dele e a sintonia com seus futuros pares”.

A coligação “Mato Grosso por Inteiro” conta com Júlio Campos (DEM) como primeiro suplente, representando a baixada cuiabana, e Zé Márcio Guedes (PL) como segundo suplente, representando o sul de Mato Grosso. Além disso, Leitão é apoiado por Wellington Fagundes (PL) e Jayme Campos (DEM), os dois senadores eleitos que representam Mato Grosso no Senado

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 19 de outubro de 2020 às 15:50:50
  • 19 de outubro de 2020 às 15:48:39