https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2021/01/Governador-Mauro-Mendes2.jpg

MONTANTE MILIONÁRIO

Mauro quer empréstimo de 100 milhões de dólares para investir na educação

O governador, Mauro Mendes (DEM) anunciou na manhã desta terça-feira (19), no Palácio Paiaguás, que pretende realizar um empréstimo no valor de 100 milhões de dólares com o Banco Mundial, para investir o montante exclusivamente em educação pública.

De acordo com o chefe do executivo, atualmente a proposta ainda está em momento técnico, para depois ser levada para apreciação na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

“O Governo está trabalhando […] em um programa de financiamento junto com o Banco Mundial, que veio nos oferecer. Não vamos pedir isso ao Banco Mundial, ele veio nos oferecer, porque desde que os senhores aprovaram – nós fizemos no início de 2019 aquela reorganização das dívidas do banco Bank of America, e trocamos para o Banco Mundial, alongando e diminuindo os juros, o banco passou a acompanhar as contas de Mato Grosso – e por ter percebido que o estado de Mato Grosso fez uma das mais importantes – nas palavra deles – programas de recuperação fiscal que eles já viram no Brasil, eles apresentaram para nós oportunidades de novos financiamentos”, afirmou o governador.

Mauro não deu detalhes de como será feito a aplicação deste valor, mas revelou que seu objetivo é ter educação de qualidade, aos moldes do que acontecia antigamente.

“Nós estamos inovando. Pela primeira vez na história, estamos trabalhando tecnicamente por enquanto até chegar o momento de nós pedirmos aprovação da Assembleia, tenho certeza que os senhores deputados irão apreciar e aprovar. Estamos pedindo U$S 100 milhões para investir exclusivamente na educação pública do estado de Mato Grosso. Serão mais de 500 milhões de reais”, completou.

 “Eu cresci, e muitos de nós aqui crescemos ouvindo aquela frase tão conhecida: o futuro do Brasil passa pela educação. Eu sou filho, como muitos de nós aqui, da escola pública. Mas a impressão que eu tenho é de que muitas regiões, em muitos lugares a escola pública perdeu importância, qualidade nas últimas décadas”, finalizou ele.

 

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 19 de janeiro de 2021 às 19:41:28