https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2021/04/2602293_x720.jpg

PASSANDO A LIMPO

Corbelino e presidente de lar de idosos debatem benefício político na instituição

Globoplay

A presidente do lar de idosos de Rondonópolis, Maxuelma Camargo Modesto, relatou durante entrevista para o programa “Passando a Limpo”, apresentado por Agnelo Corbelino, que algumas entidades políticas do município se beneficiaram da casa de caridade, entretanto, não dão o devido suporte que o lar necessita.

O bate-papo que aconteceu pela manhã desta sexta-feira (30), e ganhou apelo e cobrança do apresentador perante aos gestores públicos e ausência de apoio para aqueles que precisam do local.

Muitas pessoas se beneficiaram politicamente falando né? E hoje abandonou, vamos dizer assim, como elas se beneficiaram, digamos que hoje tenham virado as costas, para o lar dos idosos. E o Lar dos idosos sobrevive de doações e infelizmente a nossa maior dificuldade lá hoje é exatamente a falta desta doação”, contou a presidente.

Diante das despesas que muitas vezes ultrapassam a margem de R$ 86 mil, incluindo remédios, alimentação, vestimenta, material de higiene e principalmente, a folha de pagamento de funcionários, o orçamento fica comprometido. Assim o também radialista e apresentador apelou para os representes políticos da cidade.

Eu quero mais uma vez contar com os queridos parlamentares estaduais, deputado Thiago Silva (MDB), preciso de seu apoio lá no lar dos idosos. Deputado Claudinei Lopes (PSL), eu preciso do seu apoio, deputado Nininho (PSD). Deputado Sebastião Rezende (PSC), vamos movimentar aí a igreja Assembleia de Deus. Eu preciso desse importante apoio da Assembleia de Deus aqui. Eu preciso do apoio, Zé Medeiros (Podemos), deputado Federal.  Deputado Carlos Bezerra (MDB), faz tempo que  senhor não demonstra exatamente o seu lado solidário. Acho que é uma grande oportunidade agora”, cobrou cada paramentar, Corbelino.

Além disso, o apresentador reforçou o pedido de ajuda para: “Senador Welington Fagundes (PL), amigo, preciso do seu apoio também, vamos ajudar o lar dos idosos e claro amigo Renato Delsistia, amigo Thiago Esperança, eu preciso do apoio da CDL. Rondonópolis eu preciso do se apoio da classe empresarial, nós não podemos deixar o lar dos idosos como ele está“, reforçou o apresentador.

Segundo a presidente, a casa conta com 73 idosos, com a atuação de 30 funcionários. Além disso, há também profissionais que prestam serviços voluntários.

O doutor Luciano, é o médico que nos ajuda há anos. Temos uma voluntária , dona Ercília, e os demais são funcionários contratados registrados de carteira assinada, tudo conforme a lei trabalhista exige (…) Infelizmente a família não ajuda. A grande maioria desses são aposentados e a aposentadoria fica 70% na casa para custear as despesas e 30% fica com o própri idoso“, concluiu Maxuelma.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 30 de abril de 2021 às 20:49:16