https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2021/02/Emanuel-Pinheiro-2.jpg

"ARMAÇÃO"

Pinheiro falta reunião do MDB: “Palanque armado para o governador”

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), afirmou durante entrevista nesta terça-feira (20), que não participou da reunião do partido porque não gostaria de servir de palanque para o governador, Mauro Mendes (DEM), mesmo tendo muita consideração e respeito pelo MDB.

“Agora ficar fazendo reunião para servir de palanque armado para o governador, e vai contar com a minha presença? De novo? De novo? Toda reunião que me chamaram foi para bater palma ou tomar chá das 17h com o governador do Estado. Nunca fui chamado para nenhuma reunião para discutir Mato Grosso. Não fui chamado para nenhuma reunião para discutir Cuiabá”, disse ele.

Pinheiro ainda escancarou a relação com o partido, ao dizer que quando houver reuniões para discutir questões “relevantes” para Mato Grosso, Vale do Rio Cuiabá ou para Cuiabá, e se fato ocorrer, marcará presença.

“O meu partido merece toda consideração e respeito. Mas quando meu partido for fazer reunião política para discutir Mato Grosso, para o Vale do Rio Cuiabá, para discutir Cuiabá, para discutir os rumos do nosso estado, do governo e das novas alternativas para o governo estadual, me chame, que eu quero participar”, ponderou Pinheiro.

Por fim, o chefe do executivo municipal ainda revelou que planeja uma reunião com os prefeitos do partido, juntamente com a presença de Carlos Bezerra, sem claque, sem cházinho e sem missa encomendada, mas sim com pautas definidas.

“Eu quero ver se eu faço uma reunião aqui em Cuiabá com os prefeitos e com o nosso presidente regional, para discutir o que pensam as bases do partido. O que pensam as lideranças do partido. Com pautas definidas. Sem claque. Sem cházinho das 17h. Sem missa encomendada para aplaudir o governador, ou para apoiar o governador, ou para ouvir promessas vazias. Depois de dois anos e meio sem fazer nada e agora vai prometer tudo de novo. Aproveitando da boa fé, principalmente de prefeitos de primeiro mandato”, finalizou.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 21 de julho de 2021 às 13:18:12