https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2022/02/cdee6d3b810cbc2f0f746ab6f25a8d7d.jpg

BUSCA PARCERIAS

Stopa reitera compromisso por obras de melhorias no Distrito

PREFEITURA DE CUIABÁ / NATHANY GOMES
redacao@matogrossomais.com.br

Luiz Alves

A dificuldade de acesso ao Distrito Industrial, na capital, foi tema de reunião do secretário municipal de Obras, José Roberto Stopa, na Assembleia Legislativa (AL-MT). Segundo o gestor, um estudo será realizado em parceria com Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para que sejam iniciadas obras de melhorias.

O encontro, realizado na segunda-feira (14), foi articulado pelo primeiro-secretário do legislativo estadual, deputado Eduardo Botelho, com objetivo de chamar a atenção dos poderes sobre as alterações ocasionadas no trânsito local.

Stopa afirmou que é de total interesse da Prefeitura de Cuiabá colocar um ponto final na situação. Para isso, buscará parcerias com os órgãos competentes.

“Vamos resolver a questão das passarelas e do acesso. O DNIT fez uma grande obra e ninguém questiona isso, porém, pessoas estão correndo riscos ao atravessar as ruas. Além disso, os comerciantes do lado esquerdo estão extremamente prejudicados, mediante a impossibilidade de acesso aos comércios laterais. São grandes empresários que merecem todo nosso carinho e respeito”, destacou.

O deputado Eduardo Botelho elogiou a iniciativa do Executivo Municipal em busca por uma solução em prol do povo cuiabano, tendo em vista, o caráter emergencial demandado.

“O resultado foi positivo, a reunião valeu muito a pena. A Prefeitura de Cuiabá se dispôs a participar com elaboração de projetos e execução para acharmos uma resposta urgente para aquela região. Agora vamos formar um grupo técnico, encabeçado pelo secretário Stopa e cobrarmos o resultado”, elencou.

Presente à reunião, o senador Jayme Campos reiterou a necessidade das intervenções, impedindo assim, o fechamento de alguns estabelecimentos, disponibilizando uma emenda de R $10 milhões ao Palácio Alencastro para custeio das benfeitorias.

“É um estrangulamento em relação ao acesso ao Distrito Industrial, lamentavelmente pelo fato de alguns comércios já são sinais que vão fechar por falta de acesso, a obra tem que ser concluída urgentemente. Destinei R$ 10 milhões das emendas minhas à Prefeitura de Cuiabá para que possamos fazer alguns acessos, demandas assim algumas regiões do Estado e da Federação também, com a união de todos os poderes”, disse.

Ainda conforme o vice-prefeito, um novo encontro está previsto para ocorrer em breve com DNIT para apresentar novas medidas que minimizem os impactos causados, beneficiando diversos bairros como Jardim Industriário I e II, Alice Novack, Nova Esperança e outros.

A presidente da Associação das Empresas do Distrito Industrial de Cuiabá- AEDIC, Margareth Buzetti, lembrou que a duplicação foi entregue em outubro do ano passado e a conclusão dos acessos a serem concluídos posteriormente. Em contrapartida, a promessa não foi cumprida dando lugar ao caos instaurado, colocando vidas em risco.

“O acesso é complicado. A gente tem acompanhado e as pessoas tem que passar por baixo da trincheira, não por cima. Há uma média de 300 empresas, mais de 20 mil empregos diretos e indiretos, muita gente transitando”, acrescentou.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 17 de fevereiro de 2022 às 11:53:49