https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2022/05/WhatsApp-Image-2022-05-25-at-15.07.30.jpeg

ATUAÇÃO ESTRATÉGICA

Nelson Wilians Group (NWGroup) inicia operações em Mato Grosso

DA REDAÇÃO / MATO GROSSO MAIS
[email protected]

Emerson Lima

Atendendo às crescentes e evolutivas necessidades do mercado, o Nelson Wilians Group (NWGroup) anunciou início das operações em Cuiabá, Mato Grosso. O grupo que tem investido em inovações tecnológicas para aplicação corporativa, serviços estratégicos para desenvolvimento de negócios e projetos sociais, segue com plano de expansão nacional em desenvolvimento.

As atividades começam hoje (25) e, de acordo com o presidente do NWGroup, Nelson Wilians, toda operação está sendo desenvolvida estrategicamente para o Estado, considerando sua representatividade em nível nacional. “Temos como um importante diferencial a valorização e respeito pelas peculiaridades regionais. Compreendemos a necessidade e, imprescindivelmente, compomos nosso quadro de profissionais locais, que entendem a forma local de fazer negócio.”, afirma o CEO.

O cuiabano Marcel Daltro, diretor local do grupo complementa, reafirmando a ideia de desenvolvimento do NWGroup no Estado, trabalhada de forma estratégica e embasada em uma extensa pesquisa de mercado.

“Nosso Estado é rico e repleto de possibilidades a serem aproveitadas. Estamos inseridos em todos os setores mercadológicos importantes para a economia regional, como o agronegócio, que já é uma das vertentes a receberem movimentações nossas, especialmente por sua representação nacional”, diz.

No início deste ano, o ranking dos 100 municípios mais ricos do Brasil na produção do agronegócio elencou 35 só no Estado do Mato Grosso, que ocupou, inclusive, a primeira colocação com o município de Sorriso.

“A importância do agronegócio para a região é inquestionável, especialmente quando se coloca isso em números. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), apresentou dados impressionantes. Só em 2020, o município de Sorriso/MT foi responsável por R$ 5,3 bilhões, dos R$ 470 bilhões comercializados pelo país”, enfatiza o economista e vice-presidente do grupo, Fernando Cavalcanti.

Avaliando o cenário positivo da região, Cavalcanti explica o que os grandes players do setor podem esperar do NWGroup. “Em função de todas as conexões que temos no Brasil e no mundo, oferecemos uma prestação de serviços diferenciada, além de soluções conectadas diretamente com o agronegócio, in loco. Ou seja, o cliente não precisará sair do Estado para buscar o serviço. Com esse objetivo, miramos na regionalização da atuação do NWGroup no Estado, expandindo cada vez mais”, finaliza.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *