https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2021/08/30-Juri-Cotriguacu.jpeg

TRABALHO INTEGRADO

Foragida da Justiça de MT por homicídio é presa no Pará

DA REDAÇÃO / MATO GROSSO MAIS
[email protected]

Reprodução

Uma foragida da Justiça de Mato Grosso por envolvimento em um homicídio na cidade de Santa Cruz do Xingu foi presa na sexta-feira (03.06) no interior do Pará.

Ela foi localizada após um trabalho integrado entre os Núcleos de Inteligência da Delegacia Regional de Confresa e da Polinter e a delegacia Ulianópolis (PA).

Policiais civis da cidade paraense prenderam P. L. S., 35 anos, que estava no município há aproximadamente 30 dias, após residir em Brasília, desde a ocorrência do crime.

Ela estava com mandado de prisão em aberto por participação em um homicídio e uma tentativa de homicídio ocorridas em Santa Cruz do Xingu, no dia 20 de outubro de 2019.

Joelson Mesquita de Oliveira, 37 anos, conhecido como “Caxias” foi morto com requintes de crueldade. Ele foi alvejado por disparos de arma de fogo e golpes de uma pá de pedreiro, após ter a casa onde estava, invadida pelos suspeitos. A vítima passava a noite na casa de um amigo, quando três pessoas invadiram o local e um deles fez os disparos contra Joelson, que avançou contra o atirador.

Na briga, um suspeito fez um disparo que atingiu o dono da casa no braço e mais um contra Joelson, que caiu inconsciente. Após a vítima já caída, o segundo suspeito desferiu golpes contra Joelson e depois fugiu.

Os três envolvidos foram presos na época do crime, um deles quando buscava atendimento médico após a briga com a vítima. A arma de fogo usada no homicídio foi apreendida com a mulher, que deu apoio à fuga dos suspeitos e escondeu o revólver.

A mulher foi liberada pela Justiça para responder em liberdade, porém, ela fugiu da cidade e teve a prisão decretada.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO